[Review] True Blood 4×01 She’s Not There


Finalmente a tão esperada 4° temporada chegou.

Depois de uma longa espera pelo retorno da serie finalmente pudemos matar a saudade de True Blood. A série que terminou a 3° temporada numa faze não tão boa retorna com a 4° temporada um pouco mais favorável. O episódio se inicia dando continuidade no anterior que foi o Season Finale.

Começando a fala do episodio que inicia com a Sookie entrando no mundo das fadas, meio que imaginável essa historia dela com sua fada madrinha, mais nem no outro “lado da vida” Sookie deixa de encontra conhecidos como Barry o mensageiro, que deu pra perceber que nesse lugar entra de tudo ate “pombo correio” rs. Em seguida junto com Barry Sookie ganha a tal fruta de luz Lumiére o nome é tão estranho quanto à fruta, ela fica um pouco receosa de experimenta a tal fruta e apenas observam os outros comendo foi quando ela encontra o seu avô Earl que logo de cara não há reconheceu confundindo o tempo da ultima visita a neta, de uma semana atrás para 20 anos, muito tempo né? , ate cheguei a pensa que era o efeito da fruta rs.

Ainda nessa cena Sookie tem alguns diálogos com seu avô, ela logo percebe que é uma armadilha mais em seguida já é descoberta por todos inclusive a Mab, posso dizer uma bruxa que ate a obriga a comer a força a fruta de luz, mais Sookie tenta ser mais forte e com o seu poder e traz a verdadeira face de todos presente ali, que sinceramente os bicho feio. Ainda no mundo de seres estranhos Sookie é perseguida ate voltar para o mundo real junto com o seu avô que antes mesmo de sumi entrega a ela um relógio bem maneiro para ser entregue a Jason. Muito confusa ela volta para sua casa aonde fica sem entender o porquê os funcionários não a deixa entra, rapidamente ela olha o relógio dado por seu avo e logo em seguida é surpreendida por seu irmão Jason que a recebe carinhosamente fazendo a entender que esta desaparecida por 12 meses, eles ate conversa quando ela recebe a visita de Bill que já era hora e também por Eric que naquele momento diz algumas palavras para ela, deixando a mais confusa do que já é.

Rapidamente entrando na cena do Lafayette que retorna a serie visitando um lugar meio suspeito, cheguei a imaginar que era um centro de macumba rs mais percebi pelo ambiente que era um lugar meio espírita eu heim. Lafayette recusa a participa com os outros membros dessa reunião, mais vindo algumas questões e assunto que somente ele sabia ficou um pouco assustado e com medo ali naquele local. Já o filhinho de Terry e Arlene Mikey é uma graça, notasse que tem algo em especial nele não só pelo fato de arrancar cabeça de bonecos rs, isso já esta preocupando os pais mais ao decorrer da serie veremos realmente o que ira acontecer com Mikey.

Lá em Nova Orleans o negocio é porrada RS Tara vai com tudo no ringue e ganha de sua adversária Naomi que mais tarde ate se beijaram como assim rs por isso digo as coisas se resolvem entre tapas e beijos, é claro que foi apenas uma luta. A galera volta a trabalha na lanchonete do Sam, saudade dessa turminha o sarcasmo de Lafayette continua o mesmo.Lembrando também da Jessica que no meu ponto de vista teve um amadurecimento a mais comparada às outras temporadas.



Bill esta na política será que isso ira da certo? Eu sinceramente estou ate torcendo pra ele, ate porque quero ver historias diferentes na serie , esses lances de política podem render cenas boas com conteúdos que possamos discutir ao decorrer da serie, será uma coisa Ilusitalvél ate porque Eric esta no meio ate gostei do visual do Bill, parece que ele deixou o “vovô Bill” para traz e se transformou no novo Bill político rs. Nas cenas finais Sookie após de um dia longo e o bom banho se prepara para dormir, ou melhor, si vestir quando Eric aparece e a intimida dizendo que é o novo dono da casa que ela diz ser dela, ele numa pose que não poderia deixar de comenta que realmente é de tirar o fôlego de qualquer uma, pena que Sookie é meia songa e não percebe isso, e assim o episodio finaliza com uma frase dita por Eric. “Sookie… Você é minha”

Ate a Próxima Review.


Publicado em junho 29, 2011, em Review, True Blood. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: