Review – Switched At Birth 1×10 – The Homecoming


/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;
mso-fareast-language:EN-US;}

Não!! Não acredito que vou ter que esperar até o ano que vem para ver o sexy Angelo.
Switched At Birth terminou sua metade da temporada de maneira excepcional. Teve um ou dois episódios que eu reclamei e ironizei igual um louco, mas tudo que eu falei foi produtivo. Apesar dos apesares, sentirei bastante falta dessa série durante o resto deste ano.
O episódio já começou chocando todo mundo com a participação de Giles Marini. Todo mundo se lembra dele e seu instrumento fazendo participação especial em Sex and the City- O filme. E nossa, como eu lembro. Qual é o real motivo da aparição dele, além de colocar um puto tesão em quem estava assistindo, é além da minha compreensão, já que com certeza não deve ser nenhum dos motivos que o mesmo falou para todo o elenco.
Talvez a motivação de Angelo seja realmente ganhar um dinheiro fácil com o hospital, por causa da suposta prova de que a enfermeira estava sendo explorada, trabalhando mais do que devia. Agora, os Kennishes vão ou não acreditar naquilo, lembrando que uma das consequências caso isso for mentira, é prisão? A sorte é que caso aconteça isso, nenhum dos dois (Kath e John) irão sofrer lá, não terão que fazer favores sexuais, pois ninguém vai querer penetrá-los.
Esse foi um episódio agradável, principalmente por dar fim a muitas histórias e abrir ALAS para outras novas. Daph ainda estava com aquela ideia de achar que está apaixonada por Emmet. Como Bay disse, ela decidiu isso por causa de uma camiseta! Bay, tadinha, está achando que o seu pai biológico é algo além de um tesão. Não entendi a fixação por ele, principalmente por ela querer saber mais sobre a origem dela. Será que ela sabe que foi Regina que pariu ela, colocando-a no mundo? Falando nisso, parece que nos EUA é muito fácil achar o seu pai biológico. Sujinhos e adotados, fica a dica. 
Angelo parece ser uma pessoa que está tentando se redimir pelos erros do passado, principalmente com Regina e Bay. Por outro lado, parece ser um vingarista, com cartão de outra pessoa e um olhar duvidoso. Mas sabe o que não é duvidoso? O tanto que ele é gostoso.
Emmet esperou oito anos por Daph. A sujinha só percebeu agora. Perdeu playboy!, já que ele está bem mais feliz com Bay. A porto-riquenha sabe como satisfazê-lo, por ser latina. Obviamente, além de surda, Daph é cega.
Mesmo assim, Daph não vai recuar e vai tentar de todas as maneiras conseguir fornicar com o garoto-maravilha. Toby fez uma leve participação no episódio e – pasmem- não foi para pegar Regina. Só queria pedir para Emmet participar da banda novamente, mesmo que quando os dois (Toby e Wilke) chegaram lá na escola dos surdos, parecia mais que eles iram assaltar o garoto ou força-lo a usar drogas ou algo assim.  
O garoto-maravilha tentou, com todo aquele discurso que nunca conseguiu manter nenhum relacionamento ou que nunca conheceu algum falante, para tentar afastar Bay, mas MESMO ASSIM, a vontade de coito falou mais alto, juntando os lovers novamente.
Seria ótimo se Regina e Kathryn começassem a trabalhar juntas. Daph, por outro lado, pareceu bastante abalada com a volta do seu ex-marido, mesmo que ela não se lembre de nada quando ele estava junto. Claramente, ela resolveu pegar as dores da mãe, odiando ele para sempre. Bay está bastante confiante sobre isso e já até fez Angelo participar de uma reunião familiar, mesmo que essa terminou com Daph falando que não conseguia entender nenhuma palavra que ele estava falando. 
Não entendi por que não deram continuidade ao grande problema da temporada, Regina sabendo a verdade sobre as duas. O assunto apareceu rapidamente por causa de Daph, mas nem foi tão impactante assim. A mulher fudeu com a sua vida e ainda está de bem com ela? Ok. O melhor foi John e Kath fazendo planos para tirar Angelo da cidade com Regina! Falsidade em Kansas City…
Várias perguntas surgiram: Como será a dinâmica da série, com a rivalidade crescente entre Bay e Daph? Será que finalmente vai acontecer coito entre Daph e Wilke? Angelo e Regina? E entre Bay e Emmet? Kathryn vai virar gente e arrumar um trabalho? Angelo vai tirar a roupa? Segurem tudo pois isso será respondido só ano que vem.
Sigam-me no twitter: @marcoacpontes

Publicado em agosto 12, 2011, em Review, Switched at Birth. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: