Review – How I Met Your Mother 7×01 – The Best Man (Season Premiere)

Finalmente, a 7° Temporada de HIMYM, voltando com tudo! Tudo e até enrolação.

How I Met Your Mother retorna com uma premiere meio forçada. O episódio joga na cara da gente todos os cliffhangers da temporada anterior e o que resultou sobre. Desde a premiere da Season 5, tinha uma cena que Marshall e Ted estão no banco e Lily chega avisando que o noivo queria falar com o padrinho – Ted. Aí depois fomos informados que era o casamento que Ted conheceria a mãe, e na Season Finale “6×24- Challenge Accepted“, a última cena foi Ted indo ver Barney experimentando um a gravata para seu casamento, mas estava claro que não mostrariam ele se casando agora, precisava enrolar mais um teco. 
O pretexto para enrolar esse episódio, foi um casamento que aconteceu em Setembro de 2011 (o que achei um clássico ser neste mês), em que Ted é convidado a ser padrinho de casamento de seu amigo insuportável,  Punchy (fiquei surpreso pois o ator Chris Romansky é o Sammy de Blue Mountain State). Os cinco estão no bar, e Ted joga na mesa um portfólio gigante com versões diferentes para seu discurso de padrinho. Aí ele vai contar o porque: ele começa a chorar desesperadamente em todos os discursos que é convidado a ser padrinho, virando lixo total. Eu amei aqueles flashbacks, principalmente um quando ele vai falar da empresa de Arquitetura que ele criou na 5° ou 6° não lembro exatamente, a Mosbius Designs, dai em seguida num outro flashback de um outro casamento…

A Mosbius Designs foi a falência.

Achei muito criativo o vídeo que o Punchy fez do Ted. As paródias e versões raps, foram ótimas e acho que foi a única coisa que foi comédia neste episódio. Enfim, depois Barney dá uma idéia pra Ted discussar melhor, sobre uma revista em que ele é capa, pois acaba de ganhar o prêmio de melhor arquiteto de Nova York, só porque apertou o infalível botão de destruição do maldito The Arcadian (esse plot foi o pior da série). Foi um saco Ted andando com essa revista o casamento inteiro.

Quando Robin levanta para pegar as bebidas (não sei porque, pois sempre um garçom servia eles), Marshall e Lily a interrompe, e Ted nos leva para a continuação de mais um cliffhanger do 6×24: Lily finalmente está grávida. Mas agora quer manter em segredo pelos próximos três meses (querem brincarem de The Secret Circle), pode não ser total segredo quando o barman sabe que Lily pedindo cerveja sem álcool, está gravida. Uma das melhores cenas do episódio, é quando Lily “obriga” Marshall a virar todas suas bebidas para não fazer mal ao bebê.

Chegamos então na parte mais esperada desta premiere: o casal Robin & Barney. Eu penso que é tão clichê essa coisa de ficar torcendo por eles, está na cara que eles são as versões Ross & Rachel de Friends, podem brigar o que for, podem ser amigos o quanto for, mas acabam juntos no final. Desta vez o plot reverteu-se. Na 4° Temporada, Barney pegava dicas com Lily de como pegar a Robin, agora ela o queria. Foi muito hilário aquela voz que Robin fazia quando queria dizer uma piada mas na realidade falava a verdade, adorei todos os flashbacks. Enquanto Robin fica pensando em Barney, o tonto vai pro casamento ficar entrevistando as divas pra ver se encaixam em seu perfil, foi insano quando ele levanta as mãos e mostram suas unhas enormes, tão grandes que até enrolavam, feitas de…papel…macarrão…o que diabos era aquilo? Enfim.

A dança deles começou bem e foi ficando entendiante, principalmente quando mudam a música, nossa acabou com a cena. Daí quando eles estão próximos de se beijarem, chega um puto clímax clichê: alguém está ligando pra Barney, adivinha, adivinha quem? Norah, a vadia que fez Barney amadurecer um pouquinho na season anterior. Barney implora para Robin dar dicas de como esclarecer as coisas com Norah, quando na verdade Robin vai dizendo perguntas não para ele se dar bem, ela estava mesmo fazendo perguntas de coração, se eles dois mereciam outra chance. Aí quando eu penso que Barney se tocou, não…Ele só vira pra dar um sinal que deu certo, que desgastante.

Quando Robin se decepciona, vai para a sacada onde encontra Ted-e-sua-depressão-de-como-fazer-um-discurso-sem-chorar, aí ele fala que não acredita em destino e blábláblá, foi uma baita enche-linguiça, mas gostei de ver eles dois conversando a sós. Três meses para Lily e Marshall brincando de The Secret Circle? Pra que? Foi muito lindo quando eles resolveram contar que teriam um filho.

A intenção de Ted e Barney no seu casamento, lembrarem deste casamento de Punchy, era que Marshall estragou o de Punchy, e de todas as possibilidades que Marshall poderia ter arruinado, a verdadeira foi tão boring. Por exemplo, se ele tivesse acertado a mulher de Punchy com a bola seria muito melhor, se ele tivesse caído em cima do bolo de casamento sera sensacional, mas pelo amor de deus, o desastre foi tão ridículo, tão ridículo, eu realmente esperava uma coisa muito mais chocante e insana do que aquilo.
Simplesmente foi porque na hora do discurso de Ted, desta vez ele não estava chorando por causa de um assunto deprimente, mas sim da felicidade por L&M, aí todos começaram a rir dele e Marshall todo tonto, bêbado foi defendê-lo e acabou falando que Lily estava grávida, mas o ridículo é que a mulher de Punchy estava centímetros perto de Lily e na hora que Marshall aponta pra ela, acaba apontando pra mulher de Punchy, daí cai a ficha que ela também estava grávida, aff que nostalgia. Ted foi explicando que também Punchy e sua mulher foram trocando os copos para ela evitar o álcool, assim como L&M fizeram. E se não bastasse todo os clichês dessa cena, o pai da mulher de Punchyinsulta-o por engravidar a sua filha e o pai dele acha ruim e vai criando uma confusão, que deprê esse final.

Eu deixei um dos melhores plots do episódio pra comentar no final: Barney no seu casamento, pergunta à Ted se a gravata que usava estava boa. Daí o nosso loiro começa a falar “que teria que usar a gravata pra sempre, que estava com medo de cometer um erro”, daí que foi cair a ficha que ele estava falando da mulher que ia casar (ESPERO QUE SEJA ROBIN), foi bonitinho essa cena. Sorte que não foi a gravata de patinhos, eu ri demais porque é o assunto do 7×03.

E homenageiar os fãs de HIMYM no orangotag…
Se a “gravata não for Robin, CABEÇAS VÃO ROLAR!

Nota: 8.0
P.S¹: Preciso dizer urgeeeeeeente, que odiei o cabelo da Robin. Pelo amor, eu custei pra acostumar com aquela coisa ridícula do cabelo dela na 6° Temporada, agora isso? Ela era tão diva nas primeiras temporadas! Por falar em cabelo eu amei o da Lily, parece que cresceu.
P.S²: O episódio 7×02 foi exibido depois desse, mas achei melhor fazer reviews separadas pra não me apressar tanto na outra, tem ainda uma semana pro 7×03 então ainda dá tempo. Brinks, já já faço a review de How I Met Your Mother 7×02- The Nacked Truth !


@ipcs_
Anúncios

Publicado em setembro 20, 2011, em How I Met Your Mother, Review. Adicione o link aos favoritos. 1 comentário.

  1. Ri mt com esse episódio :B EEEI TEAM NORMA IOUSHSAUSAHISA Robin que fique sozinha -rum UISHAOHIUHSAI

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: