Especial: Family Guy: Uma Família da Pesada

Você já se apaixonou por um desenho polêmico e insano, que pouco liga se você não gosta de cenas fortes, nojentas, sexo, bebidas, drogas ou vômitos?
Não? Pois apresento agora, Family Guy!


É uma comédia no-sense, não tem como não ficar com um sorrisinho bobo no rosto, sempre, eu digo sempre, te faz rir de qualquer jeito. O show foi criado em 1999, por Seth …, que dá a voz à Peter, Stewie, Quagmire, Tom Tucker, entre outros da história. Quer comparar Family Guy com Simpsons? Ok, Simpsons não chega aos pés de Family Guy, pois seu roteiro é mais inteligente e um tanto infantil. E olha que The Simpsons era um dos meus preferidos até conhecer isso aqui.
“Uma Família da Pesada” (no Brasil), é idiota, hilário, insano e ao mesmo tempo inteligente, pois encaixa um roteiro no-sense e divertido, meio que trash, satirizando vários filmes clássicos, programas e pessoas, fazendo clichês terem o seu momento, ganhando humor. No DVD da 7° Temporada (que não tem episódios da 7°, mas sim da 5° e 6°), tem um especial dos 100 episódios de Family Guy, e o curioso é que Seth faz entrevistas com pessoas que nunca viram Family Guy, e que mostram opiniões horríveis sobre o show, dizendo que é idiota, maluco, que não recomendaria para os amigos e que seus filhos não iriam assistir, mas porque Seth fez uma entrevista com essas pessoas e deixaram estes comentários no DVD? PORQUE ELE NÃO SE IMPORTA! Family Guy não se importa se você acha o show horrível ou idiota, porque esse é o espírito do enredo, uma comédia hilária, o melhor desenho da atualidade em minha opinião.
Family Guy, ou no brasil Uma Familia da Pesada é uma animação norte americana criada por não mais não menos Seth MacFarlane, ela foi criada em 1999 para a FOX. Seth MacFarlane alem de ser o autor da serie tambem faz muitas das vozes dos personagens como Peter, Brian, Stewie entre muitos outros.
A serie é baseada em mostrar a louca vida de Peter Griffin com a sua família de classe media, a serie chegou até ser cancelada duas vezes, a primeira vez foi depois da 2º temporada e ela voltou somente depois de vários pedidos de fãs da serie e levaram ao executivo do canal a voltar atraz do cancelamento, e então apos a 3º temporada ter uma exibição irregular o programa voltou a ser cancelado, e de novo vários esforços dos fns foram feitos para tentar voltar a serie ao are com isso uma petição on-line foi escrita e em poucas semanas já tinha mais de 10mil assinaturas que em um pouco mais atingiu a marca dos 100mil. Apesar disso tudo sido feito foi inútil, pois não voltaram atrás. Apos algum tempo ela conseguiu uma segunda chance apos um bon indice de audiência em suas reprises nos estados unidos no bloco chamado Adult Swim e ótimas vendas de DvD’s das temporadas.
Stewie Griffin
Um bebê fora do normal, e o melhor personagem que funciona em Family Guy. Se não tiver um episódio com Stewie, pode saber que não foi bom. Stewie é um bebê que fala, nas primeiras
temporadas é mau-humorado e gay, quer sempre matar sua mãe Lois, por ela ser tão atenciosa com ele, entre outros motivos. Ele demora muito pra ser amigo de Brian, mas depois vira
seu melhor amigo, o legal são as viagens que eles fazem. Eles já foram pra Alemanha, Polo-Norte…ENFIM, haha. Stewie tem o desejo de matar todos que atrapalham seus planos, inclusive
o brócolis que sua mãe o obriga comer, o Papai Noel, mas sério mesmo, qualquer um que atrapalha seus planos de vingança.
Explicando melhor, Stewie Girffin é o filho mais novo e tem apenas 1 ano de idade e tem só um objetivo: “Domínio total do Mundo”. Com uma forte pronúncia britânica, Stewie prometeu a si mesmo ainda na barriga de sua mãe que quando saísse daquela prisão (Bastilha como o próprio prefere referir), venceria a tirania matriarcal de Lois. Mais apesar das muitas tentativas, Lois tem conseguido escapar às investidas de Stewie está acompanhado de seu urso, o fiel amigo Rupert.
Brian “Griffin”
Brian é o cão da família, mas é muito mais do que um cão. Além da sua capacidade de falar, Brian é estudioso e um gentleman, e de toda a família é o mais eloquente. Brian é a pessoa que mais recorre em tempos de crise, mas os comentários sarcásticos de Brian são secos. Brian é conhecido por beber um pouquinho. Alguns dizem que é para apagar a dor causada pelo estígma social de ser um cachorro. Outros dizem que é para ele esquecer da época em que conheceu Peter, quando era um sem-teto que limpava pára-brisas por uns trocados. Em meados da 3° e 4° Temporadas, Brian e Stewie se aproximam e viajam para vários lugares, sendo os melhores episódios de Family Guy.
O engraçado é que Brian também tem mania de pegar garotas, garotas mesmo, tipo mulheres bem atraentes.
Peter Griffin

É um cara grandalhão, tempestuoso e adorável, que não tem medo de falar o que pensa: geralmente a coisa errada na hora errada. Ele mora em Quahog, com a esposa Lois, e os filhos Chris, Meg e Stewie, junto com seu melhor amigo Brian, o cachorro da família. Peter é capaz de fazer qualquer coisa pela família, desde que isso não atrapalhe seu horário de assistir TV. O que lhe falta em bom senso e discernimento, ele recompensa em entusiasmo. Geralmente vai longe demais quando sempre surge uma idéia, acredite, uma mais idiota que a outra.





Lois Griffin
É uma dona de casa dos dias modernos, que encontra tempo para cozinhar, limpar, realizar tarefas domésticas, ensinar piano e evitar ataques diários contra sua vida, sempre orquestrados por seu filhinho Stewie. É claro que amor de mãe é imenso, tão imenso que neste caso Lois é completamente cega em relação as intenções de assassino de Stewie, atribuindo amor eterno temperamento ofensivo ao velho e simples resmungo. Lois geralmente é a voz da razão que Peter não consegue ouvir até que seja tarde demais. No entanto, até mesmo é capaz de perder temporariamente o juízo, tanto que já traiu Peter e às vezes ele nem liga.
Chris Griffin
É um garoto de 13 anos de um enorme coração. É o filho do meio de Peter e Lois, não tem muitos amigos, freqüentemente fala com si próprio, e às vezes, passa um bom tempo sozinho no quarto (bom, pelo menos é o que parece). Na verdade, ele é atormentado por um macaco demoníaco que mora em seu armário. Apesar de dizer aos pais sobre o primata desprezível, eles sempre se mostram indiferentes de ao seu clamor. Chris idolatra Peter e faz tudo para não desapontá-lo. Para a sorte do garoto, as expectativas do pai em relação a ele, são mínimas. Ainda assim, ele tem aptidão para seus talentos, um deles é desenhar.
e…………
Meg Griffin (vadia)

Brincadeira. Porque deixei Meg por último? Simples, a essência de Family Guy é menosprezar Meg, deixá-la de canto, humilhá-la DEMAIS, um alvo de piadas, e fazer do personagem um lixo. Meg tem uma cara azeda, sua vida é uma merda, quer fazer amigos mas não consegue, quer arranjar namorados, mas quando arranja sempre é um louco, etc. Meg de 16 anos, é sempre lembrada que é uma perdedora, e está sendo lutando para ser aceita no melhor grupo, ou qualquer outro disponível. Como muitas garotas de sua idade, é humilhada pela própria família, sorte que as outras garotas não ter um pai como Peter Griffin, Como Na verdade, Meg é uma pessoa maravilhosa e solitária, mas se esforça demais sendo uma pessoa que não é, só para arranjar amigos.


Também tem o Quagmire, um cara louco por sexo. Joe, um policial musculoso e paraplégico. O velho e pedófilo que tem uma paixão por Chris, o Sr. Herbert. O âncora do Jornal Quahog, Tom Tucker e âncora Dianne Simmons, que fica expondo suas intimidades quando o jornal está no ar. Teve também o Cleveland, que nos meados da 7° ou 8° Temporada (não lembro bem), ele se mudou da cidade para ter seu próprio seriado “The Cleveland Show”. É isso mesmo, este é um Spin-off de Family Guy, que Cleveland mora agora com sua ex-esposa e seus filhos, e tem até um urso falante, é legalzinha e dá pra rir. O engraçado é que em Family Guy faz comédia com o próprio Spin-off. Um exemplo disso foi no episódio “8×20- The Splendid Source“, onde Donna a mulher de Cleveland fala que não vê os Griffin desde o seu casamento, dizendo que está esperando um presente, aí Peter faz uma réplica “O presente foi o desenho dele“, coisas do tipo.
Sobre o Criador:
Seth Woodbury MacFarlane é um comediante americano , cantor, animador, escritor, produtor, ator, dublador e compositor. Seth MacFarlane mais conhecido como o criador de Family Guy da Fox tambem foi ganhador do Enmy War e foi o produtor execultivo da breve série de televisão The Winner.
Fez a dublagem de varios personagens do Family Guy, como ator ele fez apresentações especiais em shows como Gilmore Gilrs entre outros e tambem teve a chance de fazer a dublagem do personagem Jonhann Krauss em Hellboy 2. Ele ocasionalmente faz palestras em universidades e colegios dos Estados Unidos e um recem acordo com a FOX fez de Seth MacFarlane o mais bem pago escritor e produtor da historia da televisão. Ele mora em Los Angeles, Califórnia onde comprou uma casa de 14 milhões de dolares e recebeu 100 milhões da FOX pelo o contrato com eles.
Seth MacFarlane recebeu seu diploma do colégio em 1991 na Kent School em Conneticut. Seu professor, Richard W. Schell, reprovou publicamente o “baixo” estilo de humor de MacFarlane a pediu para a FOX não exibir o Family Guy.
Seth MacFarlane estudou animação na Rhode Island School of Design onde se formou em Bacharel de Belas Artes. Ele teve varias ideias quando estudate como trabalhar para a Walt Disney mais mudou de idéia depois de se graduar na RISD. Durante a faculdade, ele criou um curta intitulado The Life of Larry. Seu professor na RISD submeteu seus desenhos para a Hanna-Barbera, onde foi empregado mais tarde.

Apresento agora alguns vídeos de algumas das melhores cenas:






E ABERTURA GENTE? Tão épica! A letra fala que hoje só tem violência nos filmes e sexo na TV, e que agora chega um programa pra rir e chorar com harmonia, sorrindo todo dia, e que pode ser uma piada. O curioso é que, na minha opinião, o criador fica se gabando porque os personagens cantam “Por sorte tem um homem que, positivamente pode fazer, todas as coisas que nos fazem rir e chorar, ele é um cara de Família”, EU CONCOOOOOOOOORDO! Agradeço demais o Seth pela criação desde desenho, e mostrar a parte insana de uma família.

A 10° temporada tem sua estréia agora dia 25 de Setembro, na Fox, e decidi fazer suas reviews. Graças à Deus que acabou aqueles especiais de Star Wars, odiava quando tinha um. Desde a 7° Temporada, Family Guy começou a satirizar os episódios de Stars Wars. Teve o “7×01- Blue Harvest“, o “8×20– Something, Something, Something, Dark Side” e o último “9×21- It’s a Trap!“. Não sei porque este último teve realise como o 21° capítulo da temporada, porque a 9° teve 18 episódios (17, se considerar os episódios “9×07-08- Road to North Phole” como um só).
P.S: Não sei ainda o porque, mas os episódios são exibidos fora de ordem, porque a Fox faz isso? Tipo o FX (que é irmão da Fox), apresenta hoje em dia a 10° Temporada, mas que na verdade é a 9°, bem confuso e tenho ódio disso. E como falei até os dvd’s ORIGINAISexibidos fora de ordem, porque a Fox faz isso? Tipo o FX (que é irmão da Fox), apresenta hoje em dia a 10° Temporada, mas que na verdade é a 9°, bem confuso e tenho ódio disso. E como falei até os dvd’s ORIGINAIS tem episódios fora de ordem de suas temporadas, e às vezes nem tem episódios da Temporada que é do DVD, tipo da 7° Temporada não tem episódios da 7°. Enfim, mesmo assim
você pode assistir de qualquer episódio e em qualquer temporada, só tem que reconhecer os personagens e storylines.
Créditos: Family Guy BR

Publicado em setembro 21, 2011, em Especial de Série, Family Guy, Opinião. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: