Review – The Middle 3×01/02 – Forced Family Fun

Depois um longo verão, os Heck’s estão de volta. Com episódio duplo e a participação especial de Ray Romano, velho conhecido da Patricia Heaton (Frankie) em “Everybody Loves Raymond” e que também atuou em outras comédias como “Men of a Certain Age” e “The King of Queens”.

Já no início do episódio aconteceu algo muito estranho, era o primeiro dia de volta as aulas e todos estavam se dando muito bem, até mesmo se abraçando. Mike e Frankie não queriam que as crianças fossem pra escola para poderem passar mais tempo juntos, e elas também queriam ficar com os pais em casa, coisa que eu nunca tinha visto. Mas, para entender essa mudança de comportamento, temos que ver o que aconteceu durante o verão.

Como na casa dos Heck’s nunca sobre dinheiro pra nada, eles ficaram em casa o verão inteiro. Axel passou o verão inteiro trabalhando no clube como salva vidas, Brick passou o verão na biblioteca, lendo e ajudando a bibliotecária e, por fim, Sue passou o verão segurando vela da sua amiga Carly com o menino do cachorro quente. Com isso, Mike e Frankie quase não viram os filhos durante o verão, então Mike decidiu fazer algo diferente, que fosse barato, é claro, e resolveram ir acampar, mesmo depois da Frankie e das crianças dizerem que não queriam ir.

Lá vão os Heck’s a caminho do acampamento e, mais uma vez, esqueceram a bolsa com os lanches. Durante a viagem acontece o de sempre, Axl pega no pé da Sue, que queria saber como são as coisas no Ensino Médio, Brick lê livros e mais livros e Mike e Frankie discutem o casamento. As crianças implicaram uma com a outra e reclamaram o tempo todo, Frankie até tentou fazer com que eles se divertissem jogando Monopoly, que parecia mais uma mistura de vários jogos com regras inventadas, mas não funcionou. Enquanto isso vimos um Flashback da lua de mel dos dois, e acreditem se quiser, Mike levou Frankie para acampar na lua de mel, NA-LUA-DE-MEL. Como se não bastasse a lua de mel estar indo de mal a pior, tudo estar dando errado, eis que aparece Nicky Kohlbrenner (Romano), que conhecia Mike dos tempos de escola, e guardava um pouco de inveja por não ter jogado no time do Mike e por ser um fracassado, em todos os aspectos.

Eu particularmente odiei o personagem do Romano, e esperava muito mais, até mesmo pelas séries que ele já fez. Eu não sabia o que me irritava mais, se era ele estar estragando a lua de mel dos dois, ou sua voz anasalada. Eu juro por Deus que se ele falasse “What are the odds?” mais uma vez, eu o atiraria pra ser comido pelo urso. É isso mesmo, um urso. Um urso enorme apareceu no acampamento – atraído pela primeira menstruação da Sue –, enquanto todos estavam dormindo, e eles tiveram que sair correndo desesperadamente para dentro do carro. Foi de longe a cena mais engraçada do episódio.

Com essa experiência de quase morte, eles passaram a apreciar o que têm, mesmo que seja pouco. Esse foi o motivo da mudança de comportamento do início do episódio, e ainda bem que não durou muito tempo, porque os Heck’s que conhecemos e amamos não passariam um dia sem brigar um com o outro.

Adorei o episódio e espero que continue assim. Apesar da série não ter muito reconhecimento do público, é muito divertida e garante boas risadas.

Anúncios

Publicado em setembro 23, 2011, em Review, The Middle. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: