Review – Ringer 1×02 – She’s Ruining Everything


Ela está arruinando as minhas chances de ter uma série a menos na minha watchlist.

Ringer se provou como a série com o pior Piloto exibido ever. As coisas ainda estão ruins, mas há uma melhora no fim do túnel. Após ter matado o cara que tinha que matar Xi-Bom, Bridget agora está tentando a tanto custo, até fazendo uma referência à Dexter, dar um fim ao corpo e parar de vez com essa ideia de tentar virar sua irmã.

Teve uma leve melhora na série, já que agora, os outros personagens ganham vida, em especial, a enteada de Xi-Bom, Juliet. Na verdade, achei meio desnecessário aqueles flashbacks, já que vimos coisas que já sabíamos. Entretanto, foi o que fez com que Bridget decidisse ficar em New York, ainda tentando se passar por Xi-Bom.

As relações entre a dita cuja e os outros personagens, além de Juliet, ainda não está sendo muito bem desenvolvida, mas tivemos um grande avanço em relação à  Andrew. Para um casal que não troca carícias por um bom tempo, um toque na perna já significa muita coisa.

O pior do episódio foi que, como alguém muda o corpo do lugar durante a arrumação da festa e não percebe que é, de fato, UM CORPO? As pessoas são curiosas e com certeza, ficariam intrigados em estarem carregando um objeto estranho e gelatinoso como aquele. Óbvio que aquele ‘tapete’ que estava sendo desenrrolado não seria o assassino, mas valeu pela tentativa.

Victor, o agente do FBI, tentou também continuar com a sua investigação, mas Bridget deu uma enxotada nele, nem o deixando experimentar a bebida. Aquele moço que apareceu bem na hora que o telefone tocou também foi bem suspeito, mas nem tanto, já que deram na cara, por causa da roupa, que ele faz parte também da mafia que quer matar Xi-bom e que, obviamente, foi ele que deu uma sumida com o corpo. Gostei de como as coisas podem ficar meio paradas durante o episódio, mas nos minutos finais, os bastardos jogam algumas cenas que nos deixa com vontade de continuar assistindo a série.  Porém, a surpresa mesmo veio no final do episódio, com Xi-Bom aparecendo em Paris e saindo do banco sem falar um ‘au revoir’ para o atendente. Aquela bitch!


@marcoacpontes

Publicado em setembro 26, 2011, em Review, Ringer. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: