Review – Family Guy 10×02 – Seahorse Seashell Party

O polêmico episódio crossover entre Family Guy, The Cleveland Show e American Dad, finalmente vai ao ar!

Parece que “acidentalmente”, este episódio teve um mesmo fundo dos episódios da semana de The Cleveland Show e American Dad, desenhos do mesmo criador, Seth MacFarlane. O crossover foi a parte que acontece uma grande tempestade, por causa de um furacão Flozell e a família inteira ficam trancados em casa, durante a noite.

Enfim, a Família Griffin ficam entendiados, sem terem o que fazer, a pior noite de todas. Entre charadas que Peter não consegue brincar porque fica dando pistas, barulhos de pai (Amei essa cena, Peter resolve fazer barulhos que pais normais fazem, aqueles barulhos que você morre de vergonha do seu pai, aqueles mesmos ¬¬ haha.), ele finalmente resolve cantar uma música de Indiana Jones, tipo assim, por uns dois minutos de cena, o que me irritou bastante. Até que Meg simplesmente abre uma lata de refrigerante e Peter acha ruim ser interrompido e briga com a filha, e a família gera uma longa discussão sobre seus comportamentos. Francamente viu, 10 anos de Family Guy, e agora que Meg fica revolts por ser esculachada por todos. Isso não vai mudar, essa coisa dela ser mal tratada pelos pais e irmãos, obrigatoriamente é parte da storyline de Meg, amo isso porque é engraçado, mas aposto que muitas menininhas se identificam com Meg e acham isso injusto.
Foi uma parte bem dramática mesmo, pois Meg consegue confessar todas as coisas ruins que seus pais já fizeram à ela, não dando atenção, falando mal de Lois e Peter por serem péssimos pais e diminuindo o ego de Chris. Achei tenso quando Lois começou a chorar, e muita cara de pau do Peter ficar de sorrisinho o tempo inteiro e mil horas depois ele percebe que são insultos e depois corre pro quarto chorar. O que fecha o episódio é a frase de Stewie: “Oi, sou Stewie Griffin. O episódio de hoje de Family Guy foi muito especial pelo uso de drogas. Mas o fato é que, não há porque rir. Para aprender mais sobre drogas, visite sua biblioteca local. Provavelmente tem um cara por lá que vende drogas. Boa noite.”. Foi total sarcasmo, foi especial por causa do crossover, hehe.
Em paralelo, tivemos uma louca viagem de Brian, acho que talvez o melhor plot de Brian que já vi em Family Guy inteira. Stewie flagra Brian consumindo cogumelos (JÁ VI ISSO EM SKINS!), causando terríveis alucinações no cachorro, mexendo com seu psicológico. Em uma cena, Brian está no banheiro e sua loucura faz ele cortar sua orelha e sangra pra todos os cantos, entrega a orelha cortada à Stewie, e cai no chão (Stewie pra fazer graça faz cócegas nessa orelha e Brian fica mexendo as pernas). Muito mais tarde quando Stewie costura a orelha e coloca Brian pra dormir, quem disse que a perturbação deixa? Brian começa a ter uma visão assustadora, um pesadelo jamais visto em Family Guy. A cena não é nada engraçada, mais é perfeitamente desenhada para ser assustadora no pânico de Brian. Tem uma parte dessa visão que ele vai para o limbo, ou purgatório sei lá, e fica tudo branco, Brian com olhos soltados para fora. Brian só fica melhor depois de mil litros de água, que Peter fica rindo de besta por causa do barulho.
Foi um episódio muito legal, por parte do Brian e ficou meio dramático na parte de Meg, o que complicou um pouco as coisas. Pelo menos foi melhor que a premiere, teve mais Stewie e só faltaram mais referências.
Nota: 9.1
P.S¹: Sim, eu assisti os episódios de The Cleveland Show 3×02- 3×02- The Hurricane e American Dad 7×02- Hurricane!  Foi fantástico, o melhor crossover que vi na minha vida! Foi um encontro épico que aconteceu no American Dad, apesar que nem gosto tanto desses outros dois desenhos. O melhor episódio dos três? Todos foram ótimos, mas o melhor do encontro dos três pais é quando Peter acha graça do Stan atirar em sua mulher, ai ele ri e fala “Nossa cara, clássico American Dad!”.
P.S²: Adorei a cena que Brian encontra a Lady Gaga pelada e grita “Certo, temos cinco minutos Sr. Lady Ga…GINA ENORME!”.
P.S³: Acho que o título deste episódio, traduzido para “Festa na Concha do Cavalo Marinho”, tem a ver com as loucuras de Brian e talvez em parte com o furacão, e a família preos em casa (?). 
Entenda melhor a polêmica do Crossover:
A história tripla tinha o seguinte tema: Stan Smith (American Dad), Peter Griffin (Family Guy) e Cleveland Brown (The Cleveland Show – Spin Off de Family Guy), os três pais e protagonistas.
Seth McFarlane, produtor das 3 animações da FOX: Family Guy, American Dad e The Cleveland Show, decidiu fazer um crossover, em homenagem ao 100° episódio de American Dad, usando um fato real para eles interligarem as três famílias: o furacão dos EUA que matou várias pessoas. Então esse era pra ser o episódio da temporada passada, mais precisamente no dia primeiro de maio, o lendário encontro teve que ser adiado por conta de um incidente natural, mas infelizmente, aconteceram mortes por conta dos tornados, e em respeito às famílias, resolveram suspender esse grande episódio. Foi tão polêmico que a Fox tinha cancelado e quem sofreu as conseqüências foram os fãs.

Publicado em outubro 6, 2011, em Family Guy, Review. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: