Review – The Mentalist 4×02 – Little Red Book

Depois da premiere não tão surpreendente a série voltou com um caso cliché enquanto a equipe continua suspensa.



Lisbon continua afastada por ter liderado uma operação que acabou na morte de dois policiais e um agente do FBI, Rigsby está trabalhando como segurança, Van Pelt está lidando com uma Psicóloga e Cho procurando um novo trabalho dentro da CBI. Enquanto isso Jane que não foi afastado junto com o resto da equipe, tem que trabalhar com Haffner e sua equipe para investigar a morte de um professor de academia.

Jane tinha planos para fazer com que Gale Bertram reintegrasse Lisbon e para isso precisava impedir que Haffner conseguisse solucionar o caso e que ele solucionasse sozinho. Então Jane foi atrás do membro mais fraco na equipe de Haffner e fez com que ele arrumasse confusão com outro membro da equipe. Foi até bem engraçado a questão do sapato, ainda mais para eu que sempre admirei a capacidade que o Jane tem de começar uma briga.

O caso não foi nada interessante e caiu no cliché de sempre, os motivos que levaram a morte do professor foram: dinheiro e ciúmes. Haffner e sua equipe foram feitos de bobo e Jane conseguiu resolver o caso sozinho, quero dizer, com a ajuda de Van Pelt, Rigsby e Cho que foram chamados para ajudar no caso. Lisbon foi reintegrada e no próximo episódio tudo volta ao normal, o que pra mim aconteceu muito rápido, seria interessante vê-lo trabalhando com outra pessoa. Eu quase acreditei que o Cho ia contar para o Haffner tudo o que o Jane estava fazendo, o fato dele ser o menos “enturmado” contribuiu bastante para o meu julgamento precipitado.


A busca por Red John ficou um pouco mais difícil quando Sally Carter encontrou uma maneira de se matar (ou será que teve uma ajudinha?), levando com ela todos os segredos de seu marido e, suposto Red John, mas deixando uma carta dizendo que ele era SIM o Red John.

Para ter certeza de que Timothy Carter era mesmo Red John, Jane pediu a ajuda de Rosaling identificar o corpo. Pra quem não se lembra Rosalind é uma mulher cega que apareceu pela primeira vez no episódio “Red John’s Footsteps” e dizia ter um relacionamento com Red John, que ela conhecia pelo nome de Roy Tagliaferro. Ela foi até o necrotério e tocou no rosto de Timothy Carter e disse que nunca viu ele na vida, confirmando as suspeitas de Jane de que Red John está vivo.

Esse episódio também mostrou a provável saída de LaRoche, que se despediu da Lisbon dizendo que foi bom trabalhar com ela e com o Jane. Parece que agora já posso cortá-lo da minha lista de suspeitos de ser Red John.

Agora que temos certeza que Red John está vivo vamos ficar na expectativa de que ele volte logo, de preferência com novas mortes. Seria interessante se Red John fosse atrás de outros membros da CBI, e se fosse da Lisbon teríamos a chance de ver o quanto o Jane gosta dela e quem sabe finalmente ver os dois juntos.

Publicado em outubro 7, 2011, em Uncategorized. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: