Review: Supernatural 7×04 – Defending Your Life

Christine, O Carro Assassino + Drop Dead Diva + Osíris = 7×04 de Supernatural
Eu geralmente não gosto muito de episódios de casos, tem que ser muito emocionante pra me prender, e Defending Your Life foi um deles. Foi um daqueles que começa morno e dá uma reviravolta chocante do meio pro final, de extrema importância. Sabe o que falou no previously? Ou que pelo menos achei que estava faltando? Cenas da Jo! Sim pois, a essência desse episódio foi saber que seria o retorno de Alona Tal, como Jo, então todo mundo (eu) estava excitado pra esse episódio, e mostrou mais sobre Amy, quando Dean a matou no episódio anterior, então de cara, seria uma execução sobre a culpa de Dean.

Sam e Dean investigam vários casos da mesma fonte: pessoas que são perseguidas até a morte, depois de se sentirem culpadas por seus homicídios. Jogos Mortais, oi? Gostei do carro perseguindo o cara, (cena impressionante, pois na hora da morte, o seu sangue vai na parede ao mesmo tempo que a abertura chega), do cachorro persegue um homem que entra numa lanchonete, se tranca no banheiro, dá até tempo dele ligar pra emergência quando o cachorro bonitinho faz do homem seu cachorro quente.

Depois que um velho desesperado aparece para os Winchesters, ele os avisa que um juiz está condenando-o por seus pecados, mesmo depois de ter cumprido sua pena. O curioso é que as pessoas que ele matou também estavam no julgamento, em um celeiro velho. Dean fica bêbado ao ficar cantando uma barman, enquanto o Zé Bengala de boné, fica xeretando a conversa deles. Enquanto isso, Bobby dá notícias a Sam, o que eles estão caçando era Osíris, o deus egípcio que condena a pessoa por todos os seus pecados, dando uma sentença de morte.
Chega de blá-blá-blá, não é novidade então que Dean é capturado, amarrado sob correntes, num celeiro velho. Osíris está na sua frente como um juiz sobrenatural, e revela que Sam já estava no celeiro, E ELEE ACHANDO QUE DARIA O BOTE. Sam fica impressionado que não é ele que está sendo executado, depois de tudo que ele já fez, depois de tantas traições quanto ao seu irmão, depois de ter começado o apocalipse, enfim também achei injustiça depois de que ele fez tanta cagada. Sam então resolveu bancar o advogado, como em Franklin & Bash, Suits, e outras séries sobre advocacia. Ah, no mesmo tema, acreditam que temos uma Drop Dead Diva? Na verdade, ela não está num corpo de gordinha, mas está morta, E CONTINUA DIVA: é a nossa linda e mortinha da silva, Jo!
Foi muito lindo e nostálgico, relembrarem as cenas da 2° Temporada, e os últimos momentos de Jo em 5×10- Abandon All Hope, mas admito que quase chorei. Foi um encontro breve de início, rápido, porque Jo apareceu apenas como testemunha, como se Dean fosse o culpado pela sua morte, ah me poupe vai. E quando ela resolve abrir a boca pra Dean, e Osíris a faz sumir? Achei paia. Enfim, Osíris declara sentença de morte a Dean, depois que ele mente ser inocente e nem ao menos confessar a Sam, que matou sua best friend forever, Amy Pond (Doctor Who Feelings).
Já não basta os chifres de Sam, e ele tinha que arranjar chifres de carneiro para matar Osíris. Pouco tempo depois, Dean faz um círculo de sal e pede para Jo sair, ela teria que matá-lo, que belo jantar a luz de velas, hein. Ah qual é, não rolou nenhum beijinho? Foi bem tenso quando Jo falou “Chegou a hora”, daí acendeu o gás, quebrou as janelas para dar um ventinho e desfazer o círculo de sal. Um momento bem emocionante, Dean estava a um segundo de morrer, pela pessoa que ele sempre gostou. Enquanto isso, Sam achou o maldito chifre e rapidamente acha Osíris e o mata, final feliz.
Sam depois confessa que não se sente culpado por nada, depois de tudo que ele passou, inferno, ilusões com Lúcifer, qual é? Isso é motivo pra não sentir-se culpado? Era ele que devia estar sobre julgamento, e não Dean por uma simples morte. Foi significativa e traidora, mas Sam já fez coisa bem pior, como no tempo que estava sem alma, isso é um fato.
Nota do Episódio: 9.0
P.S¹: Só eu que achei ou na verdade aquela loira gostosa, puxava conversa com as pessoas pra Osíris ouvir e condenar? Se eles trabalhavam juntos, esse plot foi mal usado hein.
P.S²: Pelos meus cálculos, já é  a segunda vez que Supernatural mexe com religião, mitologia, no termo “Deuses”, a primeira vez foi no 5×19- Hammer of the Gods, e agora esse.
P.S³: Achei curioso Dean falar sobre a questão paterna de Jo, pra finalizar uma briguinha que eles tiveram na segunda temporada.
P.S³: Você é fã de Buffy? Não percam o próximo episódio 7×05- Shut Up, Dr. Phill ! Confira a sinopse, promo e fotos AQUI.

enquete

http://www.criarenquete.com.br/enquete.phpCriar minha enquete!

@ipcs_

Publicado em outubro 15, 2011, em Review, Supernatural. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: