Review: Up All Night 1×04/05 – New Car/ Mr. Bob’s Toddler Kaleidoscope

´

Briga entre mamães.

 
Não gostei tanto doquarto episódio quanto gostei do quinto, mas mesmo assim, foi umótimo episódio e juntando com o quinto episódio, mostra que Up AllNight realmente mereceu ganhar uma temporada completa. Sim, para quemnão sabia, a NBC resolveu ‘pegar’ a série para ter uma temporadacompleta. Será que veremos baby Amy andando?


Só sei que a sériecontinua equilibrando bastante a vida de Reagan. Enquanto precisa seruma mãe devotada, ainda tem aquela personalidade jovem que não querabandonar, além de precisar lidar com o talk-show Ava. Sem contarque o plot do episódio foi totalmente válido: todos novos-paissabem que precisam trocar de carros quando recebem a visita dacegonha.


O jeito com o qual elesfizeram, porém, não foi atrativo. A única parte do episódio quesalvou foi, obviamente, a super interação entre Chris e Reagan.Posso até falar muito mal do personagem de Will Arnett, mas umacoisa é certa: dá pra acreditar facilmente que os dois são casadoshá muito tempo. O plot de Ava também foi um pouco insignificante,já que ela realmente parece ser o tipo de pessoa que não leria umlivro daqueles. Tudo foi perdoado no final, quando ela acaba fazendoo autor admitir que foi abusado sexualmente pelos jogadores enquantocriança. Ava, eu te amo!


No quinto episódio,porém, foi, de longe, tirando o terceiro, o segundo melhor episódioda temporada até agora. Desnecessário dizer que o mais gostei foi abriga entre as mamães. Totalmente aceitável, aliás. Eu ficariamuito puto mesmo se alguém começasse a falar que a minha filha nãoiria engatinhar logo pois não fico com ela o tempo todo em casa.


O temperamento de Avanesse episódio também foi de acordo com o que foi apresentado dapersonagem até agora. Com certeza ela ficaria com raiva ao verReagan dando menos atenção à Oprah-jovem. Só ela, porém,consegue dar os melhores elogios que toda criança quer ganhar,achando que Amy tinha feito algo diferente com o cabelo.


Até que gostei mais dopersonagem de Will Arnett nesse episódio. Quando colocado parainteragir com outros personagens, além de Christina Applegate e MayaRudolph, ele realmente brilha. Acho que esse que é o problema. Elefica no meio dessas duas atrizes que são ótimas e acaba ficandomeio confuso, não entregando uma boa atuação. Porra, todo mundoque já viu Arrested Development sabe que o cara consegue atuar.


@marcoacpontes

Publicado em outubro 18, 2011, em Review, Up All Night. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: