Review: Supernatural 7×05 – Shut Up, Dr. Phil

Não sei se foram os atores de Buffy, mas é difícil descrever o quanto esse episódio foi fantástico!

Sério, eu não estava botando fé, por ser simplesmente um episódio número 5, convenhamos que a maioria não são bestas. Mas ao ver a promo e chegar no final do episódio, calei minha boca Dr. Phil. Eu só vi o piloto de Buffy e apesar que é um roteiro bem feito com efeitos clichês, nem lembro se apareceram a Charisma Carpenter e o James Marters. Gente, eu tô besta com as atuações desses astros, foram maravilhosos e comoventes. Aposto que os fãs de Buffy ficaram gritando haha.

Bom, foi um episódio excelente, maravilhoso, engraçado e sangrento. O título “Cala a Boca, Dr. Phil” fez um grande sentindo em si. Quem não sabe (eu não sei, Wikipédia mora no meu coração), Phil McGraw é um famoso psicólogo dos EUA, que tornou-se conhecido do nos programas da diva Oprah, como consultor de comportamento e relações humanas. É conhecido por Dr Phil, e é nesse rumo que Dean e Sam tiveram que dar nesse episódio, resolverem questões amorosas e vinganças de um casal de bruxos!  Já viram briga de casal? Aposto que já viram seus pais brigando, mas e se eles tivessem magia? Ah justamente faltou só isso, uma guerrinha de magia contra magia, cada um por si, como a épica briga no Sr. e Sra. Smith (fala sério, aquele esconde-esconde um matar o outro, balas pra tudo que é lado, foi fantástico!). 

Enfim, é comum a mulher sentir ciúme do homem, a ponto de querer se vingar de quem ficou com o seu pertence, ou de quem ao menos defendê-lo, mas fazer o que Maggie Stark fazia, não tem igual. Eu amei todas as mortes que ela causou só não a primeira cena no salão, achei um pouco clichê, agora o resto me pegou de surpresa. Achei o Donald Stark, ou melhor chamando Don Stark, muito culto e cavaleiro, cheio de elegância, mas quase que inofensivo. Digamos que ele é mais do bem do que sua esposa. Fala sério, a única maldade que fui ali foi molhar (?) as pinturas dela que já estavam feitas, trocar as azeitonas por olho humano (deve ser gostosinho), e cortar a best friend da Maggie com um prato de alumínio, coisa básica. 

Ameeeeeeeei quando dá errado o feitiço, aí Dean e Sam ficaram sem ter o que fazer e foram dar uma de Dr. Phil, o que complicou um pouco as coisas, se defendia um, o outro não perdoava e queria matar os meninos Winchesters. Cena bem engraçadinha e cheia de romance, e chega até ela riu com o feitiço que o Don fez no Dean, das abelhinhas haha. Também tivemos aquele maldito Leviatã, que está levando uma “vida normal”, caçando os Winchesters deste o 7×03. Eu achei que já seria cliffhanger pro 7×06, porque os Leviatãs vão cloná-los, mas ai chega o Don pra salvar os irmãos e mata o leviatã, em agradecimento ao terem concertado seu casamento bruxo. 


Sobre as mortes, como eu falei só não gostei a do salão e cuidado vocês mocinhas rs. Fiquei um pouco chocado com o cara que é acertado com um monte de pregos, aí chega doeu em  mim, efeitos especiais ótimos, mas nada se compara com a do cupcake. Foi uma cena tão brilhante, realmente as bruxas são nojentas em suas maldições, mas essa pareceu tão realista ela comendo o cupcake que ela fez, ai do nada aparece corações vivos e cheios de sangue, foi simplesmente sensacional.  


Enfim, depois que eles salvam o casamento deles e tal, que terminam o episódio, fiquei pensando: ué? Eles não vão matar os bruxos? E se causarem mais mortes? Acha que só porque eles estão juntos que não vão matar ninguém mais? Pensam bem roteiristas, a união faz a força.

Não Percam o próximo episódio, 7×06- Slash Fiction. Confiram a promo, sinopse e Fotos AQUI.

Nota do Episódio: 9.7

P.S¹: O Engraçado de Supernatural é que eles zoam com diversos entretenimentos, não só nos episódios como nos títulos, assim como esse episódio, teve o 4×12- Criss Angel is a Douchebag. Gostei desse episódio, pois truques de mentirinha acabaram sendo sangue de verdade.
P.S²: Adorei ver o Dean se lembrando do Castiel, tá precisando aparecer URGENTE nos sets de Supernatural, hein Misha Collins?
P.S³: Dean ficar bebendo? Oi? Desde quando isso virou problema hein Sam? Boa tarde.
P.S[4]: Tão exagerando demais com o que houve no 7×03, eu não achei nada demais e agora todos os episódios estão tendo uma referência sobre ele, fazendo uma tempestade no copo d’agua e já teve coisas bem piores.

Publicado em outubro 22, 2011, em Review, Supernatural. Adicione o link aos favoritos. 7 Comentários.

  1. PS¹, PS², que isso?? isso não existe, o correto é PS, PPS, PPPS e assim vai, pois "PS" vem do latim Post Scriptum, ou seja, depois do que foi escrito, e PPS, depois do que veio depois do que foi escrito, LEIA MAIS!

  2. Antes eu estivesse meu caro, antes eu estivesse…

  3. Raxei! Mas realmente, é verdade.

  4. Sim, mas eu realmente só queria avisar, não quero causar brigas…Mas tirando isso, a review do episódio está ótima, gostei muito do texto.

  5. tudo bem HUAHAU, eu realmente não sabia, e muito menos ninguem tinha me falado q era esse PP, PPP.. eu sempre escrevi P.S¹, P.S² nas reviews, no meu blog pessoal e ninguem falou nada, mas vlw por informar. Mudei meu jeito de finalizar as reviews, se perceber no 7×06.

  6. É, realmente a maioria não sabe que o PS vem do latim, do mesmo jeito que a maioria não sabe do A.M e P.M do relógio, que tambem vem do latim, e significa Ante Meridiem e Post Meridiem.Ainda não vi os outros reviews, mas verei ;)Abraços e continue com os bons reviews.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: