Review: Glee 3×04 – Pot O’ Gold


Mais do mesmo…


Glee volta depois de umenorme hiatus com a tentativa de continuar causando. Eu entendo queuma série precisa de conflitos, mas esses conflitos precisam sersempre os mesmos? Como sempre, alguém tentou separar o coral.Santana foi totalmente macabra pois só conseguiu fazer com queBrittany fosse junto para os Teletubies por causa do menino Damião,que virou um leprechaun, pois claramente ele é mágico, já que veioda Irlanda.


O grande feito doepisódio foi trazer finalmente um dos vencedores de The Glee Projectatuando na série. Não sei o que foi pior: Damião cantando ouatuando. Ele é adorável e só. Até precisei de usar legendas nesseepisódio pois não estava entendendo nada que saia da boca deletambém. O plot que mais vai pra frente, PASMEM, é o pai de Kurt terse candidatado também ao cargo e com isso um embate entre ele e Sueserá delicioso.


Tudo começou, porém,quando ele descobriu que Sue estava tentando dar um fim à produçãodo musical. Burt decidiu que já era o bastante. Ninguém vaiatrapalhar a produção do musical favorito do filho. Isso que é sersolidário.


Como sempre, Brittany foia salvação do negócio com as frases mais lindas e inteligentes domundo. Não seria ótimo se os gatos começassem a cagar chocolate?Ninguém ia saber a diferença, com certeza.


Todo aquele drama comQuinn querendo a baby está meio desnecessário. Ela alega que todomundo tem alguma coisa e ela não tem nada. Se esse é o problema,uma ida ao shopping resolveria e seria bem mais fácil. Ela nunca foimoralista, mas isso é simplesmente incompreensível. Se até o PUCKacha que você está indo longe demais, está na hora de repensar oque está fazendo.


Claro que Puck tambémnão é santinho, já que achou uma maneira bem mais fácil deconseguir a filha: fazendo coito com uma mulher BEM mais velha do queele (Na série, pelo menos). O que só me faz pensar que o cara é umgênio. Será que eles vão fugir para Oz e farão bebês Maus doOeste? Se bem que tudo aquilo estava já era certo que iriaacontecer, não foi nem um pouco chocante.


Outra coisa que valeressaltar é que Blaine está liderando os solos com Rachel. Aliás,ele já até conseguiu superar os solos de Rachel, já que nesseepisódio ela só abriu a boca para reclamar da possibilidade de nãoexistir mais o musical. Era bonitinho quando ele estava longe, seapresentando ocasionalmente, mas agora que ele está dentro docolégio, nem andar de mãos dadas com Kurt ele faz.


Ah, e tem também osTeletubies, que só possuem quatro participantes. Ou seja, o clubealternativo de Shelby não será bem uma ameaça, pois não énecessário ter tipo uns 12 participantes para participar de algumacompetição? Ou os roteiristas vão convenientemente esquecer dessaregra só para criar uma tensão?


Músicas no episódio:


“Bein’ Great” – Sesame Street (Rory)

“Last Friday Night (T.G.I.F.)” – KatyPerry (Blaine)

“Waiting for a Girl Like You” –Foreigner (Puck)

“Candyman” – Christina Aguilera (TheTroubletones)

“Take Care of Yourself” – TeddyThompson (Rory)

Publicado em novembro 4, 2011, em Glee, Review. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: