Review: Parks and Recreation 4×03/04/05 – Born & Raised/Pawnee Rangers/Meet ‘n’ Greet

É o seguinte: Quem conseguiu passarpela primeira temporada só tem elogios para fazer a série.


Parks and Recreation vemmostrando semana após semana que é a melhor série de comédia daatualidade. Desnecessário dizer que tenho um apego IMENSO nessasérie. Não achem que a falta de review fala o contrário.


O fato é que tudo nasérie funciona. Os personagens, as situações, a cidade. Pawnee équase mágica. Tem tantos fatores de que eu me orgulho da série epor isso vou me dar um prêmio de Melhor Tentativa de Vender umaSérie.


Leslie descobriu quenasceu em Eagleton só por que o hospital de Pawnee estava infestadopor guaxinis. Algo que obviamente só acontece por lá. Claro que oterceiro episódio foi ótimo, pois trouxe todo um esquadrãotentando pegar a certidão de nascimento. Andy é de longe o cara quesempre consegue fazer as melhores cenas de comédia fisica da sériee isso torna bem mais visível com a cena dentro do cartório dacidade rival.


Ann é uma personagem depeso – Convenhamos, a ideia original da série era por causa doterreno abandonado atrás da casa dela – mas que não traz muitodesenvolvimento na série. Foi divertido sim, ela tentando fazer comque April e Ron falassem com ela, mas o que foi realmente divertidofoi Ron mostrando como mostrar que não se importa com as pessoas:chamando-as por outro nome.


O quarto episódio foiextremamente didático pois mostrou que Leslie, além de ser umamulher poderosa, ainda consegue se virar na matinha. Tadinho do Ron,claro, por não ter conseguido ficar com os escoteiros dele e aindater que admitir que as Deusas de Pawnee são melhores. Como sempre,Leslie mexe os pauzinhos para fazê-lo mais feliz.


Isso levou também à umgrande aproveitamento de Donna na série. Mesmo quando ela apareceuma vez, é o bastante para tornar o episódio bem mais hilário. Comela tendo um plot gigante com Tom e até Ben, foi totalmentesurreal. Quero ver os três juntos mais vezes.


Já que ainda estamos nasemana do Halloween, nada foi mais divertido do que o episódiotemático de Parks and Recreation. Não teve como amar TUDO queaconteceu. Até aqueles que foram extremamente menosprezados poralguns episódios brilharam.


Jerry teve que lidar como Sherlock Holmes praticamente engolindo a filha dele na frente dele.Para todo lado que ia, os dois estavam lá quase no coito. Fiqueicomovido com April, que acabou fazendo com que ele não conseguisseresolver o mistério do paradeiro da chave do carro.


Ann e Ron dando uma defaz-tudo foi divertidíssimo. Claramente Ann não estava se divertidona festa para virar ajudante de Ron Swanson. Nada foi mais agradáveldo que a lutinha (aliás, lutona) entre Ben e Andy. Quem diria queaquele magrelo conseguiria nocautear Chuck Liddell?


O relacionamento entreApril e Andy é tão divertido. Ela é tão malvada e negligente eele é completamente o oposto e mais burrinho. Uma equipe perfeita.Ben, de alguma forma, cabe no meio dos dois e queria ver mais essadinâmica dos três dentro da casa.


Tom também rouboubastantes holofotes no episódio. Fez um evento para Leslie que naverdade era só uma fachada para promover o próprio negócio. Claroque ele faria algo do tipo. É algo que só Leslie não preveu. Dealguma forma, ele sempre consegue se tornar amável, e nesseepisódio, com aquele vídeo que fez com Leslie. Estranhamente, elaquer que aquilo a siga até após a morte.


P.S: Quero Ben vestidode Batman mais vezes. hm*

@marcoacpontes

Publicado em novembro 4, 2011, em Parks and Recreation, Review. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: