Review: Parenthood 3×05/06 – Nora/Tales from the Luncheonette


Cee Lo Green quebrando oLuncheonette.
Parenthood fez doisepisódios beirando o ridículo, e isso seria o que qualquer outrapessoa falaria se visse alguma das cenas fora do contexto. Porexemplo, Adam experimentando roupas para tentar ‘entrar na onda’ edepois andando pelas ruas em roupas dos anos 90. Vontade de chorardaquela cena… Super vergonha alheira, mas a gente deixa passar.

Claro que teve osmomentos clichês que todo programa tem, com a garota do caféfinalmente ter aceitado entregar o bebê dela para Julia. Claro queela precisou de um típico ‘não tenho ninguém pra ficar comigo nohospital e eu sei que você é uma boa pessoa então vai me convidarpra ficar um tempo na sua casa’ momento e isso seria completamenteridículo, mas como foi feito de forma tão natural e adorável,mostra o quanto todos os atores envolvidos conseguem entregar cenassuper-realistas para uma série que não é bem realista.

As cenas de confrontoentre as personagens são ótimas. Há um jeito em que a câmeracapta certos momentos que torna tais cenas diferentes dos outrosprogramas, deixando tudo mais acreditável. Lindíssimo Crosbyvirando um homem e ajudando no porto de Kristina, pois convenhamos,ele não estava muito agradável no episódio.

Até as storylines quenão tinham nada a ver com a parte importante do episódiofuncionaram bem. O que mostra que os roteiristas conseguem acharaquele equilíbrio necessário para lidarem com tantos plots em um sóepisódio.

Vale ressaltar que oprofessor namorado de Sarah esteve de volta nesses dois episódios, oque me deixou bastante deprimido. O personagem é muito depressivo.Não gosto dos dois juntos e por eu querer que Sarah volte para Sethquer dizer que realmente alguma coisa está errada.

O que nos leva àprincipal parte do sexto episódio, com Sarah ajudando Sethnovamente. Claro que o ex-marido iria voltar todo chapado e coisa dotipo e não sei se ele de fato, irá para a reabilitação. Ele comcerteza parece decidido, mas temporada passada ele também estavadecidido a ter um bom relacionamento com o filho e foi embora poucosepisódios depois, então…

Queria que tivessemmostrado mais a nova dinâmica na casa de Kristina, já que erreifeito ao dizer em reviews passadas que seria uma boa ideia Adam eCrosby trabalhando juntos. Claramente não está dando certo e nãogostei dos dois juntos. Era bem mais seguro ter continuado com otrabalho de vender refrigerantes.

Houve até um destaquemaior para o filho renegado de Sarah, Drew. Mal deu pra perceber afalta dele no último episódio, mas foi tão adorável ele ganhandoo primeiro beijo. Espero que tenha mais cenas do novo casalzinhojuntos.

Publicado em novembro 5, 2011, em Parenthood, Review. Adicione o link aos favoritos. Deixe um comentário.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: