Arquivo mensal: novembro 2011

Review: The Simpsons 23×05 – The Food Wife

Quem é mais divertido, Homer ou Marge?

Em um primeiro momento, sem pensar muito a respeito,todos diriam que Homer tem muito mais potencial para diversão do que Marge.Bart e Lisa com certeza preferem as surpresas de todo sábado que o paiprepara. Marge, enciumada, resolve reverter essa situação e decide levar ascrianças para momentos de alegria inigualáveis que só uma dona de casa dedicadapode oferecer.
Depois de uma tentativa falha no evento religioso CrossGames, que teve a logo estrategicamente manipulada na intenção de confundir umacruz com um X, Marge e as crianças acabam parando em um lugar estranho, comgente esquisita e comida exótica. Eles resolvem experimentar a misteriosaculinária local e descobrem o prazer de serem degustadores.
Antes Marge estava com ciúme da relação do marido comseus filhos, mas depois que ela descobriu uma forma de ficar mais próxima dascrianças foi a vez Homer ficar com ciúme da esposa. Pelo título do episódioachei que fosse rolar alguma referência à série The Good Wife, mas foi só umacoincidência fonética mesmo.
Depois da cena dramática de Homer rastejando escadaacima, reclamando que estava triste demais para andar, foi impossível nãosentir pena dele. Tanto que Marge resolveu convidá-lo a se juntar a turma dedegustadores. Depois ela se arrependeu com medo de que o marido roubasseatenção de todos, como ele tem o costume de fazer. Ela trocou os endereços emandou Homer para uma boca de fumo, que é um local muito fácil de ser confundidocom uma cozinha experimental, não é mesmo?
Tudo terminou bem, já que Marge salvou Homer do perigoque ela mesma o colocou e ainda garantiu diversão para Bart e Lisa ao comercomida de um cientista louco e quebrar um laboratório de metafetamina no mesmodia! Se isso não é se divertir, o que é diversão então, hein?
Outros destaques:Todas as piadas com video games no início do episódio, a experiência de quasemorte do Homer ao atacar a geladeira e Maggie olhando Marge com reprovaçãodepois que ela passou o endereço errado para Homer. Aliás, falando na bebê,acho estranho como às vezes eles esquecem da existência dela em algunsepisódios e aqui pelo menos a Marge citou uma babá. Isso explica muita coisa!

@peterguimaraes

Review: Two and a half men 9×10 – A Fish bowl Full of Glass Eyes

My precious.

                                   

Depois de introduzir Jake forte na introdução tentando se aproveitar de Walden, voltamos novamente para o foco em Walden, saindo com a bela inglesa e até deixando Jake voar para um lugar onde ele mesmo não sabe onde é.

Walden conhece uma britânica no mercado e convida a mesma para jantar, já no encontro ele  insiste em ser uma criança,  acredito que aos tempos essa infantilidade de Walden vai desaparecendo, como por exemplo nesse episódio, para não mudar o personagem do nada,
ainda o fez de “bobo” no encontro.

Enquanto isso, Alan passou a maior parte do episódio dentro e fora de uma loja de penhores.Me impressionei com a dignidade de Alan quando ele não vendeu um anel de ródio e platina com dígitos o suficiente para fazer um número de telefone (sim, mais de um milhão), não aceitou dinheiro emprestado de Walden e ainda propôs pagar um aluguel por morar na casa.



– I have no idea.

Em um episódio que tinha muito que se explorar, podemos dizer que não foi tão bom assim, com as mesmas piadas de sempre, parece que não cansam disso.

Aquele final com Jake em Paris dá um gancho pra eles irem busca-lo a acharem o Charlie por lá, sem grana, sem nada, precisando de ajuda.Sim, ainda tenho esperança de Sheen voltar.

Review – The Walking Dead 2×06 – Secrets

                                                     The walking dead ou novela?

Quando que The Walking dead virou novela da Globo? Porque foi justamente isso que eu senti depois de ter assistido esse episodio. Sexo, cena de aborto, discussão de casal… Faltou só o casamento no final.  E o motivo para isso é muito simples: Ócio. Eles estão acomodados, não precisam se preocupar em sobreviver e ai abre espaço para esses tipos de picuinhas.

A família Grimes chata como sempre. Primeiro Rick e Lori discutem se Carl deveria ou não aprender a atirar. Mas é claro que não deveria. O moleque não tem idade nem tamanho suficiente… Sem contar que a probabilidade de ele fazer bobagem é gigante. Depois Lori vem com seus problemas existenciais de mãe. E que mãe irresponsável. É o segundo episodio em que ela pensa em matar um filho com a desculpa de que “Ele não merece viver em um mundo de sofrimento e dor…”. Ai engole uma caixa inteira de pílulas do dia seguinte e, arrependida, põe tudo pra fora num vomito nada convincente. Nesse ponto, Rick esta certo. A criança deve ter a chance de poder tentar viver, até porque, ninguém garante que esta situação vai ficar assim pra sempre.

Gleen e Maggie definitivamente é o casal mais legal da série. Pelo menos até agora estão rendendo boas cenas. Primeiro a discussão, no caminho a farmácia, sobre os Zumbis presos no celeiro. Dava pra desconfiar desde o final do episodio anterior que eles eram “parte da família” e pelo que parece, a galera da fazenda acredita que eles podem se curar. Não sei se Maggie ainda acredita nisso depois de ser atacada no meio das prateleiras da farmácia, mas, de uma coisa ela tem certeza: Gleen é um líder e o grupo não consegue enxergar isso. E eu também não consigo. Tudo bem que ele é legal, parece que todo mundo gosta dele, mas não sei se ele teria poder de decidir alguma coisa quando o bicho começasse a pegar de verdade. Talvez Maggie desperte esse lado dele. Antes ele que o xerife corno.

E por falar em corno, Dale ficou realmente muito bravo com o Shane. Talvez ele não saiba, mas, Dale é o único que tem total consciência do nível de “canalhagem” que Shane possui. O que Dale não sabe é que nesse episodio Shane foi o menos canalha possível. Não foi ele que assediou Andrea. Não foi ele que botou a mão no meio das pernas de Andrea. Foi o Contrario. E convenhamos, Shane não é o tipo de cara que nega fogo.

E a Sophia hein? Nada da menina até agora. Parece que a galera não esta mais ligando, ou esta se preocupando menos. Nem a mãe dela aguenta mais. Nesse episodio ela só perguntou para Andrea se teve algum sinal e mais nada. Nenhuma outra reação. Não sei por que essa enrolação toda. Espero uma explicação descente para isso.

Enfim, Um episodio que serviu apenas para aumentar os laços de afetividade e ódio dentro do grupo. Nenhum sinal de Sophia e poucos momentos com zumbis. No blanço fica com nota 7.

@gabaao

Review: Misfits 3×04 – Episode 4

Um velho que viu Doctor Who e resolveu brincar de “Let’s Kill Hitler”, literalmente.

Que episódio sensacional! Quando vi as fotos promocionais, a promo, revelando que seria um episódio sobre nazistas, Hitler & Cia, achei que seria um fracasso. Não demorou 2 minutos pra eu calar a boca. Mesmo assim, demorou um teco pra aceitar, mas como a estória do episódio do início ao fim, foi crescendo tanto que amei.
Bom como eu disse, um velho QUALQUER, Friedrich Hirsch viu Doctor Who 6×08 “Let’s Kill Hittler” (mentira, ele tinha motivos pessoais), e escreveu uma carta suicida avisando que ia viajar no tempo para matar Hittler, daí você deve ter pensando, ‘como assim o que tem a ver?’ mas aí quando a câmera foca o olho do velho girando várias imagens, daí a PESSOA grita “OMG, ELE QUE PEGOU O PODER DO CURTIS DE VIAJAR NO TEMPO!”. Então, o velho chega na no tempo que Hittler estava vivo, com uma simples FACA e tenta acertá-lo por trás, e o plano falha, que novidade. O cara mais poderoso do mundo não ia morrer com uma facada, milhões de pessoas já tentaram matá-lo, porque né, o demônio em pessoa. Hittler então ganhou de presente o celular do velho cheio de tecnologias para aquela época, e por sorte mas saindo esfaqueado, o velho consegue retornar à sua época, mas tudo mudou.
Por causa daquele velho maldito, o presente virou uma realidade alternativa, onde os nazistas comandavam tudo lá, onde o supervisor da nossa gangue era um manda chuva dos nazistas e Alisha era sua putinha e não namorava Simon, o mesmo foi chamado para servir os nazistas e só a Kelly trabalhava literalmente no centro comunitário. Curtis continuava apenas sendo o dono do bar e Rudy continuava sendo um nada, haha.
Os nazistas ficaram usando Seth, para tomar os poderes de quem tinha, e quem não dava o poder mandava matar. Novamente, o destino fez Kelly sentir pena de Seth, ao tentar matá-lo envenenado ela muda de plano e salva a vida dele, porque o Seth estava se enforcando. Uma das melhores cenas é quando Kelly, Curtis, Rudy & Rudy mascarados, seqüestram Seth em um carro cheio de nazistas e matam todos eles, exceto o maldito supervisor que consegue fugir, DROGA! O plano falha porque os outros nazistas acham a localização de Seth, escondido no bar de Curtis, onde levam todos eles para o centro comunitário.
Agora a cena mais impressionante de todas, é quando o velho conta que ele mudou a história e pede pro Seth pegar o poder dele, daí ao mesmo tempo, o supervisor está lendo aquela carta suicida deixada pelo old man, AÍ QUE FICOU MASSA! O motherfucker boss nazista, mandou o Simon matar o velho, mas ele morreu de medo, mas enfim o boss matou o maldito velho. SÓ QUE NÃO ACABOU POR AÍ, porque o cara escolheu Curtis para o Seth colocar o poder de viajar no tempo de volta nele, ou seja, awesome (pena numa pessoa que ficou gritando). Daí tá, não foi aquela maravilha porque atiram no Curtis. Pergunta: Eu gritei nessa hora? Yes.
O puta episódio chegou a surpreender tanto no final, que fiquei sem palavras. Kelly resolve matar todos os nazistas, e junta com o resto da gangue para proteger Seth, aí acaba voando bala pra tudo qualquer lado (comemorei quando Kelly atirou no supervisor Shaun). Infelizmente, Seth é baleado, mas numa linda cena de beijo, ele entrega o poder de viajar no tempo para Kelly, e assim tomar o celular de Hitler. Foi uma incrível cena, ela não só tomou o celular como bateu em Hitler até não dar mais. Voltando tudo ao normal, Kelly fofoca sobre a realidade para Seth, dizendo que não é pra deixar ninguém usar o poder, e que ela adorou ser projetista de foguetes, ou seja, ELA PODERIA TER O PODER DO CURTIS, MAS PREFERIU AQUELE PODER TOSCO!
Nota do Episódio: 9.8
@ipcs_

Sinopse+Fotos+Promo: Supernatural 7×10 – Death’s Door (Fall Finale)

Um episódio de matar corações, literalmente.


Sinopse:

BOBBY REVISITA SEU PASSADO – Enquanto Sam (Jared Padalecki) e Dean (Jensen Ackles) corre o relógio sobre uma missão de alto risco, Bobby (Jim Beaver), procura a ajuda de um impróvavel velho amigo para resolver um dos casos mais pessoal de sua vida. Robert Singer dirigiu o episódio escrito por Sera Gamble.
Data de Exibição: 02/12/11 às 21horas nos EUA, na CW

[MEGA SPOILER, NÃO VEJA SE NÃO QUISER ESTRAGAR SURPRESA) Promo Oficial:

[ATUALIZADO 23/11] Fotos Promionais:

Um comentário sobre essa promo? Selecione o texto abaixo para evitar spoilers. ↓
CARAAAAAAAAAAAAAMBA, BOBBY VAI MORRER? AAAAAAAAH E EU VOU JUNTO!

Pessoal, não liberam as fotos promocionais ainda, mas quando forem, essa postagem será atualizada.
Em breve a review do 7×09- How to Win Friends and Influence Monsters
Lembrando que a Fall Finale, é o ultimo episódio do ano, e só retorna dia 06/01.

@ipcs_

Review: The Big Bang Theory 5×10 – The Flaming Spittoon Acquisition

“Shamy” evolui e finalmente eles assinam o contrato…


Em uma visita a loja de quadrinhos , Stuart se encanta por Amy e a convida para sair. Leonard esta preocupado com a reação de Sheldon para o fato, enquanto as meninas estão se divertindo no apto de Penny.

Leonard e Sheldon voltam a loja de quadrinhos e descobrem que Stuart deixou um geek em seu lugar e foi ao encontro de Amy. Sheldon esta decidido a provar a todos que isto não o deixa com ciúmes, e que suas maiores preocupações são o seu “prêmio” Nobel e um joguinho de cartas texano.

Sheldon convida Penny para sair, como uma forma de se vingar de sua “não-namorada” Amy, Penny dá conselhos a Sheldon, que no auge da sua inteligência entende que Penny já foi apaixonada por ele..?!?!?! kkk
Então Amy e Stuart recebem Sheldon de “brinde”em seu encontro, que tenta explicar a Amy que está tentando mudar o paradigma da relação deles. Amy se faz de difícil (adorei essa parte…rs) e Sheldon se vê na obrigação de fazer o pedido formal:
__Amy, você quer ser a minha namorada?
__ Sim!!

Amy encontra Sheldon em seu apartamento e como tudo na vida de Sheldon se resume a um contrato, eles assinam seu contrato de relacionamento. Enquanto os meninos compram “bugigangas” geeks.
E agora com todos esses casais na série, o pobre RAJ sobrou denovo!

Review: Castle 4×05-4×08 Eye of te Beholder / Demons / Cops & Robbers / Heartbreak Hotel (recap – part2)

Prontos para a segunda parte da nossa retrospectiva de Castle?

4×05 – Eye of the Beholder

 Uma grande peça de arte avaliada em U$ 50 milhõesé roubada e deixa para trás uma vítima.

Umainvestigadora está ajudando no caso como consultora, deixado Beckett totalmenteenciumada com os olhares de Castle para a moça. No inicio, Kate não aceita aconsultoria, mas Gates a obriga a aceitar. As evidências começam a acusá-la,mas o contrário acaba por ser provado.

E que talcenas fofas Caskett? Kate enciumada conversando com o psicólogo, Castle pedindo‘permissão’ à Kate para convidar a consultora para sair… E claro, elaaceitando que Castle já tinha dona…Exato, bitch, ele já tem dona!!

E o caso?Bom, a peça era particular e estava em meio a um divórcio. A esposa, pensandoque o marido queria a peça, acaba por roubá-la, mas ele nada queria com ela. Aesposa, durante o roubo, acaba matando o curador da galeria.


4×06 -Demons

Uma casaabandonada tem uma história paranormal e um ‘caçador de fantasma’ decide fazeruma visita e acaba morto e nada parece indicar que uma pessoa ‘de carne e osso’posa ter feito isso. Castle está convencido de que foi um fantasma, mas Kateestá disposta a provar o contrário.

O caso foiresolvido com um tique do Castle que descobriu que a casa poderia ter um compartimentosecreto onde poderia ser explicado os acontecimentos estranhos.

Ryan e Espositoleva, suas namorada pra um encontro duplo. Lanie estava super a vontade, oencontro estava indo muito bem até a namorada de Ryan soltar a palavra mortal:casamento. Resultado? Fim do namoro de Esposito e Lanie. Pena, eu gostava dosdois juntos. Quebrava um pouco essa coisa séria que tem na policia. Sem falarque eles formavam um belo casal.

Cenas fofasentre Castle e Kate? Só ela tentando assustar ele com uma história de fantasmaque ela criou… Morri…de rir!! kkkkk


4×07 – Cops & Robbers

E… oepisódio mais lindo dessa segunda parte da retrospectiva! Devo dizer que estavaansiosa pra falar sobre ele? Na verdade, poderia fazer uma postagem só pra ele!

Castle foiao banco com a mãe e, por coincidência (alguém reclama?) o banco é assaltado. Ede lá, ele consegue ajudar a resolver tudo. Adorei! No fim, o assaltantes foramcontratados para fingir o assalto e poder ter acesso nos caixas particulares.

Onde estãoas cenas fofas, vocês me perguntam. E eu digo: espalhadas por todo o episódio.Já no inicio eles falando no telefone… Todo o processo de negociação…odesespero dela quando vê que os assaltantes explodiram o banco…o Reencontro!Foi  simplesmente lindo ela olhando praele, aliviada, pois antes pensou que talvez nunca mais fosse vê-lo…

E, voltandoao caso, um dos reféns era o contratante e queria ter acesso ao cofre pois eleservia de contato entre uma senhora e sua filha, ex-esposa do contratante eassim, ele poderia localizá-la. Ela fingiu estar morta para poder se ver livredo marido violento. E claro que a equipe de Beckett é quem descobre e consegueevitar uma tragédia maior.

E o fim foilindo, com Kate jantando na casa de Castle…adoro esses momentosfamílias…Muito bem Kate, vá logo se acostumando com sua sogra e suaenteada… E por falar nelas, Alexis terminou o namoro com Ashley… e está bemchateada… E Marta…Marta, não a conheci como empata Love…Como vocêinterrompe a cena linda do reencontro de Castle e Kate no banco? Tsc tsc tsc…


4×08 – Heartbreak Hotel

O episódioda semana leva os rapazes até Atlantic City, uma cidade cheia de cassinos (e dopecado!! Kkkk) Um dono de cassino é encontrado morto em NY, deixando na mãos dapolicia local. A capitã Gates faz os rapazes irem para AC, enquanto Beckett fazo que tem de ser feito localmente, alegando que quer ver Kate em seu braçodireito. Confesso que foi estranho, não gostei muito dessa separação, mais foiessencial para o resolver do caso.

Bom, o caso dasemana é cheio de reviravoltas, muito bem bolado. Em resumo, foi motivado pelachantagem, e por vingança e um grande mal entendido. Interessante? Muito! Amelhor parte? Castle e os rapazes vestidos de Elvis Presly, e Esposito nãoconvencendo muito bem com seu Elvis meio torrado…kkkkkk

Ryan estácom a data marcada do casamento e trás uma noticia não muito boa para Esposito:ele não será o padrinho. Ma isso não é impedimento para a realização de umadespedida de solteiro. Afinal, eles estavam em um cassino, não poderiamdesperdiçar a oportunidade, certo? Ainda mai por que o padrinho é menor deidade e o máximo que ele poderá fazer é levar Ryan ao parque de diversões.



Saldo desseinicio de temporada? Mal posso esperar pra ver o episódio dessa semana. E teráreview aqui quentinha logo após sair a legenda (a guria aqui ainda não terminouo curso de inglês.. ¬¬)

Ps.: Devo aqui expressar minha opinião a respeito do cabelo da Kate. Isso, o cabelo, pois, no inicio da série, ela tinha o cabelo curto e, quanto maior o cabelo dela fica, mais linda ela vai se tornando…E convenhamos, ela é uma das atrizes de séries mais lindas da TV americana!! Ok, podem me jogar pedras aqueles que não concordam, mas essa é minha opinião. =]

Review: How I Met Your Mother 7×11 – The Rebound Girl

Ted e Barney um casal gay e Marshall e Lily em Suburgatory? Não dá certo.

Pra começo de conversa, que merda foi aquilo de Marshall e Lily mudarem AGAIN?  E o pior, para o surbúrbio em que os avós de Lily deram a casa deles pra ela, mesmo que em The Slutty Pumkin Returns naquele plot ridículo que ela esquecia as coisas, aceitou a casa mas depois que voltou ao ‘normal’ falou que odiava subúrbios. Então roteiristas, cadê a Lily do 7×08 que odiava subúrbios? Tem uma coisa errada ai. 

Foi um episódio bem bobinho e “desnecessário”, mas com valor sentimental e sinceramente só do final gostei mesmo, amei e já dá pra ver como será a parte 2 da temporada. Barney ainda tava broxante por dar um fora em Nora esperando que Robin fizesse o mesmo com Kevin, mas a bitch continuou com o bastardinho, então bla-bla-bla ele e Ted resolvem ter uma conversinha de MACHO, falando que gays são melhores porque homens entendem suas personalidades e decidem ter um filho. COMO ASSIM? Virou três solteirões (sem o terceiro homem, mas no caso seria o Marshall rs) e um bebê?  

Aos poucos Barney está voltando a ser o Barney AWESOME de antes, e achei massa a coisa que “ele tem um cara pra tudo”, pra fazer todas as coisas pra ele e por ele, ou seja, pra que sujar as mãos, right? Ele conseguiu uma menina, que mais tarde é revelado que é do irmão James, o irmão gay dele que aliás convida seu namorado para o Thanksgiving (que de Thanksgiving não teve merda nenhuma por aqui).

Gente, eu não sei se eles forçaram demais Barney e Ted, ou se foi pra parecer engraçado, mas Barney e Ted juntos e cuidando de uma criança, NÃO DEU CERTO, ficou parecendo Up All Night, ou seja, lixo, vamos combinar. Só deu para agarrar umas cocotinhas e esperar mulheres na rua falando que o bebê era cute, daí você vai lembrar de Friends, quando Chandler e Joey carregam um bebê para impressionar mulheres, ou seja, muito inovador.

Voltando ao plot da mudança, que merda hein. Vamos esquecer que Lily odeia o “Suburgatory” e passou a querer a casa mesmo assim, e vamos FINGIR que o apartamento do edifício Dowisetrepla, em que eles moram desde a Terceira temporada, AGORA QUE VIROU APERTADO PARA O CASAL. Tipo, no próprio episódio mesmo 3×07- Dowisetrepla, lembro que o apartamento era todo torto, você podia deixar algo cair que rolava para o outro canto, além de ser fedido, MAS O APARTAMENTO SER APERTADO? Me poupe! Eu não sei se foi imaginação dos personagens, mas com certeza, trocaram de set e colocaram um apartamento minúsculo, onde Robin derruba e quebra todos os abajures, DISSO eu ri.

Falando da única cena impressionante, foi o maldito cliffhanger que deu pra ver como será o resto da sétima temporada ano que vem. ROBIN GRÁVIDA? Isso sim vai ser uma grande história! [SPOILER] Pra quem não sabe, estão cogitando atores para ser os filhos de Robin que serão loiros, ou seja, não tem nenhum loiro por aqui que não seja Barney. E esse futuro episódio vai ser o seguinte: Robin contando ao seus filhos no futuro, sobre alguma história bem impressionante, o mesmo que acontece Ted contando aos seus filhos [FIM DE SPOILER].

O resto da sétima será ótima, minhas apostas são: Robin grávida do Barney né? Ai ela termina com o Kevin (aposto que vai ser um episódio só disso, pra variar), aí B & R vão tentar se encontrar e vai ser mais romântico do que em “Tick, Tick Tick…”, aí vão namorar e casar, e o casamento é aquele mesmo do Barney, e tem cara que será na Season Finale, podem esperar.

Nota do Episódio: 7.6
E Mais:
– CALMA GENTE, ainda não foi fall finale! Deus me livre ser NESSE episódio. Dia 05 de Dezembro ainda tem o 7×12- Symphony of Illumination
– Quanto ao Ted, ter um reencontro com Victoria foi ótimo, com a Slutty Pumpkin (que não foi tão Slutty como em 7 temporadas esperando pra ver quem era e na verdade foi uma merda), mas sei lá, tem episódio que eu nem quero mais saber quem é a mãe.
– Eles colocaram Robin pra fazer Marshall e Lily não mudarem só pra ela aparecer no episódio, right? Porque né, virou moda agora, que nem a vergonha alheia com Ted e Marshall rodopiando no show do episodio anterior.

@ipcs_

Review: Unforgettable 1×01-09 – Pilot / Heroes / Check Out Times / Up in Flames / With Honor / Friended / Road Block / Lost Things/ Golden Bird

E se você conseguisse lembrar de tudo que aconteceu em sua vida?

E quando eu digo tudo eu me refiro a cada frase que já falou e ouviu, cada lugar como estivesse em frente a ele no exato momento em que recorda, cada objeto, cada fato, mesmo aqueles em que você nem presta atenção. Já imaginou?

Pois é. Unforgettable foca em Carrie Wells (Poppy Montgomery de Without a Trace), a mulher que não esquece nada.

A ruiva é uma agenda telefônica ambulante que quando criança perdeu a irmã mais velha, Rachel, assassinada. Ela viu o homem que matou sua irmã, mas não consegue lembrar de seu rosto.

É a partir daí que ela desenvolve a habilidade de memorizar tudo que se passa ao seu redor: nomes, números, lugares, pessoas, diálogos.
Carrie Wells trabalha como detetive de homicídios e usa sua capacidade de lembrar para solucionar crimes. Tem como parceiro seu ex-namorado Al. Burns (Dylan Walsh de Nip/Tuck), onde certamente rola certa tensão sexual.

Ironicamente sua mãe sofre de Alzheimer e vive em uma instituição de cuidados especiais aonde Carrie vai todos os dias visita-la, mesmo sua mãe não lembrando dela na maioria das vezes.

Cada episódio é um caso diferente, como qualquer série policial e paralelamente conta a corrida de Carrie em busca do homem que matou sua irmã. Aos poucos ela começa a lembrar traços do homem, assim como a roupa que o homem o usava.
Sua mãe ao ver o retrato falado feito por Carrie do homem que ela recorda ser o assassino, comenta que o homem da foto era Jonathan, que faz com que as esperanças da moça aumentem gradativamente. Já que um nome é um grande progresso em sua busca.

A nossa curiosidade é aguçada e ficamos apreensivos para saber quem foi o assassino e também para sabermos o que ela lembra das cenas do crime que fazem com que solucione os casos.
Se você gosta de série policial, vai adorar Unforgettable.
Poppy Montgomery está fazendo um trabalho excelente e está linda ruiva.

Review: Castle 4×01-4×04 Rise / Heroes & Villains / Head Case / Kick the Ballistics (recap – part1)

Prontos para o episódio 4×09 de Castle? Que tal relembrarmosum pouco do que já vimos até aqui?

4×01 – Rise
Kate está a caminho do hospital com risco de morte (ok, elaé a protagonista e não está realmente em risco de morte, mas não podiam deixarde fazer um drama, não é?). O que ninguém esqueceu foi das ultimas palavras deCastle na temporada anterior: ‘I love you, Kate’. Nem Kate, apesar de ela terdito o contrário.
Com a morte de Roy, um novo capitão nos é apresentado. Apalavra correta seria nova capitã. Vitória Gates, que comanda a delegacia commão de ferro, expulsa Castle de lá e impede Beckett de ter uma arma, antes eufaça um teste. É claro que ela passa com louvor e recebe sua arma de volta.Ocaso foi meio abafado pelo plot de Kate que, ainda meio abalada pelo tiro, entraem pânico quando uma arma é apontada para ela e a busca incessante peloassassino de sua mãe.
Kate revela a Castle que sofreu muito com a morte da mãe epor isso se protege com medo de sofrer assim novamente e que ela pode começar agostar de alguém se isso tudo acabar. Porém ele recebe uma ligação de um amigode Roy eu diz que, se Kate cegar muito perto, ela pode morrer. Visto assim,Castle tenta convencê-la a dar um tempo e ela acaba cedendo. Não por muitotempo afinal, é da Beckett que estamos falando.
4×02 – Heroes & Villains


Um assassino meio inusitado está a solta. Ele parece ser umjusticeiro, que matou um homem que estava a beira de cometer um estupro. Averdade é que o episódio foi meio que para divulgar a revista em quadrinho Deadly Storm.
O problema de uma história em quadrinhos é que qualquer umpode ter comprado uma fantasia e usado-a. Mas, isso é Catle, e eles sempre temuma pista que pode levar ao assassino. Só faltou um pouco de cena CasKett. A dofim foi linda, Castle falando do escritor e sua musa que combate ao crime.Esses seriam uma suspeita que se veste como o herói dos quadrinhos “VingadorSolitário” (e também é uma policial) e o jornalista apaixonado por ela. Pereceo nosso casal favorito?
Não podemos esquecer do novo dilema de Alexis em ir praStanford e ser discípulo de Ashley.
Enfim, o episódio foi interessante, mas não o meu favorito.
Próximo!
4×03 – Head Case

Uma poça de sangue sem corpo é o que Beckett encontra nacena do crime. E essa pista a leva até uma clinica de criogenia, que congela oscorpos de seus clientes mortos para que no futuro, quando a ciência evoluir,eles possam ser ‘ressuscitado’.
O que acontece é que sem o corpo, não tem como determinar oassassinato, mas sem determinar que foi assassinato, não podem liberar o corpo.É, meio confuso, mas é isso. O que acontece é que a vitima e a esposa eramcompletamente apaixonados e, só uma vida, não era suficiente para os dois (queromântico…*-*) A vítima pesquisava uma forma de prolongar a vida, mas tinha umtumor no cérebro que dizia que ele não teria tempo de concluir sua pesquisa. Asolução? A esposa o mata, antes que ele perca suas habilidades cerebrais, paraque ele possa ser congelado e, futuramente, possa viver novamente. (ok, nadaromântico dessa vez). Vendo que não poderia viver sem o marido, e o peso detê-lo matado, a esposa comete suicídio.
Alexis foi rejeitada em Stanford e está tentando lidar comisso. A cena Caskett dessa vez foi a possibilidade do casal morto sereencontrar no futuro. Kate acredita nisso e diz que as grandes histórias deamor são baseadas na possibilidade de quebrar barreiras. Alguém lembra de umahistória de derrubar muros dentro de si para então ter um relacionamento? É, eulembro. Acho que não existe ninguém mais shipper que eu…
4×04 – Kick the Ballistics

O corpo de uma mulher é encontrada em uma construção, com aintenção de que ela se perdesse no meio do cimento e concreto. A arma do crimefoi ante de Ryan, levada pelo 3XK (aquele que mata 3 garotas, é preso e ocompanheiro de cela dele confessa o crime. E tem aquela linda cena Caskett,onde a Kate sobe as escadas do hotel desesperada atrás do Castle).
Kate diz ainda não se lembrar de nada do dia do tiroteio…O que será que essa guria está tramando?
A vítima era uma informante da polícia, que era tutora dofilho de um suposto mafioso chinês e os dois se apaixonaram e ela acabou sendomorta pelo cunhado de seu amado.
E nada de cenas fofas, apenas um pequeno recado das @Queens_ofthelab:nós lembramos, Beckett!!
Dentre esses primeiros episódios, o melhor foi o primeiro, cheio de cena fofas… (shipper até a alma!!). Os outro foram muito ligados ao caso…Eu gosto, afinal de contas, é uma série policial e tals…Mas meu lado shipper pede mais!! hehehehe
A segunda parte dessa retrospectiva da 4 temporada eu postarei ainda essa semana e depois, a review do episódio 4×09, lançado ontem. Ainda não o assisti, ma disseram estar tudo de bom! Alguém duvida? Claro que não, é Castle!! kkkkkk