Arquivo da categoria: Drop Dead Diva

Review – Drop Dead Diva 3×13 – Change of Heart (Season Finale)


Esse Season Finale acabou com as minhas chances de ter uma série a menos na minha watchlist.


Ah, se todos os episódios desta temporada de DDD fossem assim. Tivemos um ano bem turbulento na vida da gordinha, e não de um jeito legal. Teve episódios que eu simplesmente apaguei da minha memória, pois não serviram para nada e muito menos foram divertidos. Um dos problemas da série, desde o começo da temporada, é não conseguir ter colhões o suficiente para inovarem. Os roteiristas ficaram na mesmisse a temporada inteira, só para chegar a Season Finale e jogarem todas as cartas na mesa. 

O começo da temporada foi sofrível. Com o coma de Grayson, sabíamos no mínimo que ele voltaria lembrando que Jane na verdade é Deb. Mas não, isso não aconteceu, e até o episódio do casamento foi ridículo… De um jeito que não dá nem pra explicar, já que o simples motivo de Vanessa ter fugido foi por causa da dança entre Deb e Grayson. As coisas melhoraram em alguns episódios, mas ainda não conseguimos ter uma boa temporada. Os roteiristas ficaram apostando no seguro e não era isso que queríamos ver.

Change of Heart mostrou dois casos: Jane com um cliente no corredor da morte, mas que queria doar o próprio coração para a irmã que não aceita de jeito nenhum, enquanto Stacey pode acabar indo pra cadeira, já que aquela briga semana passada não era a primeira transgressão. O caso de Jane foi bastante equilibrado. O de Stacey, porém, só serviu para ter um momento Cinderela (A bota que ela ‘roubou’ não cabia no pé) e serviu também para Grayson dar outro beijo sem próprosito em outra mulher na série. Aparentemente, Grayson fica muito confuso depois de um caso, já que fica achando que pode ficar enfiando a língua na garganta de todas menos Jane.

Stacey estava bastante arrependida nesse episódio e bem quando Fred estava pronto para aceitá-la de volta, descobre que Grayson e a loira estavam se beijando no escritório. O clímax do plot do bebê chocolate de Parker também não funcionou direito. Só serviu para mostrar que o safado é mesmo um porco, oferecendo dinheiro para Elisa, achando que era isso que ela queria. Agora, ela vazou pra Chicago… Pelo menos Parker parou de correr atrás de Kim e a mesma é parceira nos negócios, que vai cuidar da firma enquanto Parker tenta arrumar a burrada dele em Chicago.

Não sei, porém, o que sinto sobre o grande plot do final. Claro, demorou 82738 anos para que os roteiristas usassem o ‘cartão Grayson’. A forma com que ele finalmente percebeu também não fez muito sentido. A própria Jane já deu na cara diversas vezes que sabia muito sobre Deb e o que os dois sentiam um pelo outro. Não sei como só agora, com Stacey contando a verdade, ele percebeu tudo. Grayson realmente é muito lento e sempre fica confuso.

Porém, agora teremos uma mudança drástica em DDD já que Jane decidiu ir pra Itália, no impulso, após ver Stacey e Grayson se beijando, e ainda com o namorado avulso dela do dia, o juiz sociável. Também tem Fred e Stacey, que não dá pra entender como os dois podem voltar na próxima temporada. Pelo menos, o beijto entre Gray e Sta foi só um grande mal entendido… Uma pequena confusão. Estava com medo da série apresentar um Season Finale da mesma qualidade dos episódio dessa temporada, ou seja, um péssimo final, mas acabei me surpreendendo com os roteiristas, que finalmente desceram uns colhões para fazer com que a quarta temporada seja uma das melhores. Pelo menos, Jane finalmente está feliz, esquecendo completamente de Grayson (bom, até ele aparecer em Milão ou até ela voltar) e agora vai poder aproveitar os homens italianos e ainda participar da Semana de Moda de Milão. Ela finalmente vai viver a vida!


Anúncios

Review – Drop Dead Diva 3×12 – Bride-a-Palooza

Semana que vem já é o final da temporada de DDD e sinto que nada aconteceu para que a próxima semana seja importante.

Sinto que essa terceira temporada está se passando tão devagar e nada está salvando. Enquanto que no episódio passado tivemos vários plots jogados, aqui, eles foram jogados no lixo, já que infelizmente, os roteiristas de DDD não conseguem lidar com várias storylines e preparar tereno para isso acontecer. Por exemplo, fiquei extremante feliz com o novo plot de Parker e da chocolate. O que aconteceu nesse episódio? N-A-D-A. Aquele beijo mal pode ser considerado como alguma coisa, já que era previsto que algo daquilo ia acontecer. Só serviu para a chocolate entender que Parker não é o mesmo de 8 anos atrás. Acho que isso é óbvio, mas tudo bem. O jeito que Kim lidou com a chocolate também foi totalmente desnecessário, mostrando que ela é uma bitch mesmo. Parker pode muito bem, como o patrão, não querer deixar alguem usar uma temporária para meios errados. Simples assim, Kim! E agora, será que Parker vai querer penetrar a chocolate quando descobrir que ele tem um filho bastardo?

O episódio girou em torno do caso da Bridezilla, que foi quase MORTA numa loja de vestidos, numa super liquidação. Também teve o caso de Grayson, com o problema da Era Medieval dele. Foi de longe, o caso mais ridículo EVER, mas foi ridículo de um jeito que só Drop Dead Diva poderia fazer e eu amei. Principalmente a luta. Quem diria que uma garota conseguiria vencer? Enfim, Stacy estava totalmente fora de personagem essa semana e não de um jeito legal e divertido. Era de se esperar que isso iria acontecer, com ela traindo Fred e praticamente dando na primeira oportunidade para o policial-ator. Ela realmente virou uma DIVA, mas para alguém que sempre tinha uma ótima ética ao trabalhar, era ambiciosa, mas nem tanto, era ela mesma e não ficava indo atrás muito das coisas, o comportamento dela foi ridículo. Entretanto, aquela intervenção foi muito divertida mas não senti o drama entre Jane e Stacy. Torço bastante para que semana que vem o Season Finale seja ótimo e que traga uma nova mentalidade para a série. Caso isso não aconteça, sinto muito, mas será o último episódio que verei da gordinha.

Review – Drop Dead Diva 3×11 – Ah, Men

 

Há salvação em Drop Dead Diva.


E quem diria que essasalvação viria em uma criança? O episódio desta semana foi, delonge, o melhor da temporada e finalmente trouxe histórias que serãodesenvolvidas para a season finale. Agora, o motivo de terem demoradotanto para finalmente colocaram plots interessantes, é além daminha compreensão, já que agora estamos a somente um episódio dofinal.


Jane e Parker tem quelidar com o caso de um ex-amor de Parker, já que o seguro não querpagar as despesas do pai moribundo de Elisa. Porém, o caso teve umarevolta, quando descobrirmos que Elisa pode perder a licença deenfermeira por ter contrabandeando uma droga ilegal para os EUA etambém que ela tem um filho… cujo pai é Parker.


É de longe o plot maisinteressante de toda a temporada e nem tem Jane no meio. Agora, comoque Parker e Kim vão reatar quando obviamente, ele terá que setornar um pai? Elisa não quer contar a verdade, mas vejo o segredotornando-se público semana que vem, já que por ela ter perdido alicença, Parker a contratou como temporária na firma. Kim tambémteve que lidar com um possível amor, um pastor, que além de serinteligente e bonito, convenceu as pessoas a roubarem de uma loja porserem pobres.


Tivemos a participaçãodo Richard Gilmore, de Gilmores Girls. Infelizmente, a participaçãofoi rápida e não trouxe nenhuma novidade na série, mas sinto queele voltará semana que vem, já que claramente, Kim abriu os olhos etentará se conectar com Deus mais frequentemente. A pegação entreKim e o pastor foi necessária para que ela veja que na verdade, querestar com Parker, mesmo ele sendo um porco. Claramente, ela teráque se esforçar, já que tem outra mulher no pedaço agora.


Owen continua na série eaparentemente, com muitos amigos. Jane nem deu um chilique quandoteve que dividi-lo duas vezes, e para piorar a situação, a conversanunca chegava nela. Felizmente, ele surpreendeu todo mundo quandoabriu o restaurante do amigo só para os dois. Uma gracinha aquelesminutos finais, devo dizer.


Fred finalmente cresceuumas bolas e fez direito com Stacy, acabando tudo com ela. Isso levoua uma discussão enorme entre Jane e a loira, mas todo mundo sabe queStacy está muito errada nessa situação. Porém, se eu estivesse nolugar dela, eu faria uma comparação de instrumentos e escolheriaquem era o melhor depois.


Foi bom ver um episódiocom casos interessantes e que não ficavam dando voltas e voltas.Tivemos até uma briga entre melhores amigas. É bom quando a sériefica um pouco mais pesada e mostrou também que teremos doisepisódios turbulentos pela frente.

Twitter :: @marcoacpontes

Review – Drop Dead Diva 3×10 – Toxic

 
Comesse nome, pensei que a série faria um tributo a Britney Spears…

Masestava errado. Estivemos diante de um ótimo episódio, que me fezesquecer que estamos chegando no final da temporada sem nenhumahistória boa, nenhum drama e muito menos, pegação.

Janeacaba ajudando um cara que estava prestes a pular de um prédio edecidiu então, pegar o caso dele: uma empresa construiu uma escolaem cima de um terreno tóxico. O problema é que a empresa de Parkertem a coorporativa como clientes, gerando um conflito deinteressentes. Por causa disso, Jane é mandada embora, mas pelomenos foi uma pessoa pessoa, falando que tinha que ajudar o moço dequalquer jeito.

Essefoi um caso bem diferente essa semana. Por outro lado, ver a mãe deTeri foi extremamente divertido, já que tive diversos flashbacks daMs. Kim em Gilmore Girls. O caso foi aceitável, mas não dá praentender porque Marcie resolveu processar Teri sendo que ela nãoperdeu NADA depois de Teri ter dado a louca dentro do seminário,chamando ela de boqueteira. Foi bom descobrir mais sobre a vida deTeri, sobre a infância e a mãe dela sendo coreana de corpo e alma,já que as duas não conversavam sobre sentimentos na adolescencia.

MesmoParker tentando, as vezes ele acaba se tornando uma boa pessoa.Ajudou Jane inderetamente e ainda a fez ganhar o caso. Por outrolado, Kim não teve tanto destaque nesse episódio, mesmo depois deter brincando de cowboy com Parker. Até eu brincaria disso com ele.

Ben,por outro lado, continua sem entender as relações humanas.Obviamente, por Stacy ser loira e atriz, quando a fama finalmentebatesse na cara dela, ela IRIA PRA CIMA do outro ator. Eu ficariabastante triste naquela cena final, por causa de Benn, mas sério,quem se importa? Ele que precisa ir ao seminárioda boqueteira, e não Jane!

FinalmenteJane ouviu algo que todos sabíamos e acho que até Deb, sendo apessoa inteligentíssima que é, já sabia. Ela causou o términoentre Grayson e a garçonete (leia-se: stripper) e com isso, a vadiafoi lavar a roupa suja: dizendo que Jane precisava escolher entrefalar o que sente por Grayson, ou deixá-lo ir. Não era óbvio, não?Enfim, pelo que deu a entender, ela o deixou ir, aceitando o convitedo novo juiz. Porém, aposta quanto que no final da temporada,Grayson finalmente vai acordar e querer penetrar Jane?

twitter:: @marcoacpontes

Review – Drop Dead Diva 3×09 – You Bet Your Life

Só em Drop Dead Diva um caso envolvendo uma planta faz duas pessoas voltarem ao coito.
Nessa semana, Drop Dead Diva me deu uma dor de cabeça. Foi um episódio bonitinho e tal, mas cadê a história? Eu sei que faltam três episódios para o final da temporada, mas como vai funcionar essa bagunça? Eles realmente querem levar à adiante que a temática da temporada é Jane querendo fornicar com Grayson, contando pra ele sobre ela ser a Deb e não conseguir? Sério? De novo?
É uma daquelas coisas que não faz sentido. Jane fica dando muito na cara que sabe muitas coisas sobre a vida dos dois, mas mesmo assim, ele continua agindo como se tudo estivesse bem, principalmente em relação aquele contrato de modelo episódios atrás. Se pelo menos Grayson começasse a mostrar interesse em querer pegar a advogada, tudo seria mais simples, mas nem isso ele faz.
Pelo menos um dos casos dessa semana foi divertido. O de Jane foi, de longe, o mais desnecessário da temporada. Só valeu por ela ter ganhado de volta, agora como Jane, um broche da irmandade que Deb e Stacy faziam parte na faculdade. De resto, foi totalmente desnecessário. Não gosto daquela atriz que interpretou a ‘mamãe’ da irmandade e o caso foi totalmente previsível.
Por outro lado, o caso de Parker e Kim foi cheio de reviravoltas. Quem imaginava que aquela mulher, aparentemente louca, queria na verdade, vender a planta para outra empresa? Pelo menos, toda aquela tensão sexual entre os dois foi para a cama, numa super fornicação e agora, obviamente, Kim e Parker voltarão à penetração.
twitter: @marcoacpontes

Review – Drop Dead Diva 3×08 – He Said, She Said

 
Diamantes realmente são o melhor amigo de uma garota. Ou no caso, de uma ruiva.
DDD nos apresentou um episódio dentro do aceitável da série, ou seja, cheio de bobagens, mas cheio de coração. Além disso, trouxe boas atuações e algumas participações especiais. No episódio, Jane tem que lidar com duas garotas que a chama para um motel, só para encontrar um jogador de futebol amarrado e quase sem roupa na cama, pois as garotas queriam que ele confessasse que estuprou uma delas.
Todos fazem parte de tal universidade – curiosamente, a mesma de Grayson – e Jane decide processa-la por terem protegido o atleta e não lidado com a situação de forma correta. O caso foi bastante interessante e o melhor foi a reação de Grayson após descobrir que Jane iria processar a faculdade. Dessa forma, Jane começou a pensar se Grayson realmente era uma boa pessoa, já que, claramente, estava pensando na reputação da universidade e não em fazer a coisa certa, lidando com o estupro da garota. Felizmente, Grayson acaba ajudando no caso, fazendo aquele loirinho levar na cara e a faculdade também.
A mãe de Deb voltou a aparecer na série e dessa vez tivemos até coito. Infelizmente, Parker iria terminar tudo, mas Stacy foi inteligente (como sempre) e arrumou um jeito de Jane fazer Bobbi terminar primeiro. O melhor foi a mamãe falando que já tinha sacado o que Jane estava tentando fazer, na cena final. Falando da cena final, Jane e Grayson estão mais próximos do que nunca, mas até agora não houve penetração. Fica difícil não achar estranho tudo isso, sinceramente. Pior do que ter um coito falho, é ser lembrada que o amor da sua vida ainda pensa o tempo todo em Deb.
Kathy Griffin apareceu na série como a irmã de Kim. A comediante é HILÁRIA e deixou a personagem mais divertida ainda. No final, ela acabou tomando na cara, já que os diamantes dentro do relógio não eram verdadeiros. Kim, como toda boa samaritana, ajuda a irmã, fazendo o pai da filha deles assinar um contrato, PROMETENDO não entregar os diamantes para a filha até a mesma completar 18 anos. Até a menina completar essa idade, é possível que os pais nem na terra estejam mais.
Sigam-me no twitter: @marcoacpontes

Review – Drop Dead Diva 3×07 – Mother’s Day

As coisas realmente ficam mais difíceis quando você tem lidar com não uma, mas DUAS mães.
Jane precisou de uma dose extra de novalgina para conseguir passar essa semana sem querer estrangular uma das mães. Por um lado, a mãe de Jane, Elaine, resolveu abrir a porta de emergência de um avião para deixar as pessoas livres, enquanto Bobbi, a mãe de Deb, apareceu na firma pois Grayson decidiu que queria processar a empresa que usou uma foto antiga de Deb em um anúncio.
Sempre gostei da dinâmica entre Elaine e Jane. A mamãe é uma ótima personagem, que com uma personalidade imprevisível. Só por ter aberto a porta do avião e ainda ter aparecido na TV, vendendo sua filha para qualquer homem interessado, valeu o episódio inteiro.
O episódio foi composto de flashbacks. Gostei de ver mais disso, mas parecia que fazia parte mais da primeira temporada do que da terceira. Deb estava relutante em falar para Grayson parar de mudar o seu contrato, mas ela ficou com preguiça e Stacy apareceu, TIRANDO DA SUA BOLSA, um CORRETIVO. Não sei como aquilo foi parar na bolsa dela e por que ela precisa daquilo no dia-a-dia. 
Grayson está novamente de luto pela morte de Deb e Jane sempre terá que lidar com o fato de que ele nunca será dela, mas acho que depois de Jane praticamente fazer um DITADO sobre as emoções de Deb, Grayson deve ter finalmente acordado e percebido que aquela nugget é, na verdade, uma pessoa anoréxica. Não aguento mais ele ficar de luto por causa da ex-namorada e também por causa de Vanessa. Ou os roteiristas colocam alguma outra safada para fornicar com ele ou, por favor, deixe-o finalmente experimentar toda a gostosura daquele pedaço de carne, vulgo Jane.
A história de Stacy e Fred parecia meio off, mas acho que evolução é necessária e ninguém quer ser a mãe de Fred mesmo, ele parece ser um bebê chorão. Além do mais, toda aquela discussão de ‘masculinidade’ mostrou que o relacionamento deles não é saudável. A mãe de Deb, Bobbi, resolveu fornicar com Parker. Será que assim ele vai esquecer a Kim ou foi algo de uma noite/dia só?
O restante dos personagens, tirando Jane, Grayson, Elaine e Bobbi, não foram bem aproveitados ou se foram aproveitados, eu nem percebi. Claramente Drop Dead Diva precisa dar mais foco em seus personagens regulares, do que se importar mais com os que aparecem ocasionalmente. 
Sigam-me no twitter: @marcoacpontes

Review – Drop Dead Diva 3×06 – Closure


/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin:0cm;
mso-para-margin-bottom:.0001pt;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;
mso-ansi-language:EN-US;
mso-fareast-language:EN-US;}

O episódio foi chamado “encerramento” e realmente, tivemos um monte disso.
Nessa semana, Jane foi emprestada para a promotoria para lidar com um caso de 8 anos que a mesma fez parte, mas nunca foi encerrado. Kim entra em um briga com Stacy por causa de seu blog e Parker fica correndo pra lá e prá cá tentando fazer Kim voltar para ele.
Devo comentar que Parker está me irritando profundamente. Além de fingir que trabalha naquela firma, fica causando entre Kim e seu novo affair. Claro, foi ótimo que ele descobriu que ele era casado e que na verdade ele estava usando isso em seu próprio fazer, para tentar fazer Kim voltar a fornicar com o altão. O Parker é muito desesperado em conseguir a loira de volta e estou até com medo dele tentar algo mais radical, como aparecer na casa dela coberto de chantilly ou algo do tipo. Felizmente, ele finalmente chegou na conclusão, que coito entre eles está fora de cogitação.
Enquanto isso, o caso da Stacy foi um pouco desnecessário. Aparentemente, ela é um sucesso na internet com o blog dela mas em 3 anos a série nunca quis falar sobre isso. Pior ainda é a companhia que manda os ‘presentes’ achar que caso eles fizessem ela excluir o blog, pessoas não ficariam revoltadas. Usar o cerébro as vezes é uma boa idéia, sabe?
O caso de Jane estava indo muito bem até as reviravoltas sobre o assassinato da menina ofuscarem o verdadeiro assassino. Seria bem mais divertido e interessante se o amigo dela de fato tivesse feito, principalmente por ele ser um alcoolátra que não lembra nada durante as chapações dele. Porém, caso fosse assim, o velho amor de Jane na promotoria não seria uma péssima pessoa, já que ele sabia quem era o assassino e foi negligente em relação a isso.
Houve muitos fechamentos nesse episódio: o caso foi encerrado, Kim terminou seu relacionamento com o moço casado, Jane falou para Alan que nunca iria acontecer mais nada entre eles, Parker aceitou, FINALMENTE, que ele não tem mais chances com Kim e Grayson está dando pequenos passos para tentar superar Vanessa. Maldade no final do episódio com Stacy fazendo Grayson pensar em Deb quando estava prestes a penetrar outra pessoa.
Sigam-me no twitter: @marcoacpontes

Review – Drop Dead Diva 3×05 – Prom


Às vezes, você precisa saber se desapegar e partir para outra e às vezes precisa saber quando lutar…
O episódio dessa semana de Drop Dead Diva trouxe relacionamentos, direitos iguais e ‘passar para outra’ como temas. Jane descobre que o relacionamento dela com Bill não é exclusivo, após ela atender ao telefone dele. Ela tenta fingir que está completamente bem com a situação, quando na verdade, ela queria pular emcima dele e esbofeteá-lo. Enquanto isso, Grayson tenta lidar com seus sentimentos após Vanessa ter o deixado esperando no altar.
Houve dois casos essa semana: Grayson e Kim tentando ganhar um caso contra um site de noivas por encomenda e, dessa vez, Drop Dead Diva usou um assunto que esteve nas manchetes nos EUA por um tempo: casais gays que são impedidos a ir a formatura como um casal. O episódio focou-se nas duas garotas que só queriam compartilhar aquele momento com seus amigos, mas fica difícil fazer isso quando a mente de certas pessoas é tão fechada.
Jane foi criticada por Parker, pois se apega muito aos clientes e eventualmente atrapalha ela emocionalmente. Levou na cara, Parker, pois além de Jane ter ganhado a ação, ainda colocou a advocacia no mapa.
Todo aquele drama entre Stacy e Fred, pois ele ganhou um trabalho de ator mostrou que Fred não é uma pessoa muito inteligente. Todo mundo sabe que não pode ficar falando mal de atuação para uma loira que não faz nada o dia inteiro.
A história do casamento foi legalzinha. Mostrou um Grayson tentando ganhar o caso de qualquer jeito. Claro que na verdade, ele estava projetando as próprias emoções no caso. Aquele beijo no final foi totalmente nonsense. Qual foi o motivo de Grayson querer beijar a Vanessa após ela ter acabado com o coração dele?
Jane tomou as rédeas da situação e falou que só queria que o médico pegasse a pikachu dela e de mais ninguém! Mas não, o magrelo foi idiota e deixou ela ir embora. Pior do que namorar um médico, é namorar um médico que levanta da mesa toda hora que alguém acena. 
A cena final foi uma gracinha, com Grayson e Jane dançando juntos e como tudo ficou bem no final. Quero mais episódios bonitinhos como esses, com uma linda trilha sonora e provavelmente, um ótimo ponche.

Review – Drop Dead Diva 3×03/04 – Dream Big/ The Wedding

 Um nugget querendo processar um banco de espermas. Tem coisa mais bonitinha do que isso?


O episódio trouxe duas paixões minhas: anõezinhos (nuggets) e corpos gordinhos (Jane). Sem contar que foi pelo formato do corpo da Jane que eu começei a assistir a série. Sério.

O nome do nugget é Eli e a mãe dele quer processar o banco pois o mesmo não fez um teste para descobrir se o esperma era ou não problemático. Enquanto isso, Grayson representa strippers que querem um ambiente de trabalho mais saudável e agradável.

Jane decide fazer uma despedida de solteiro para Grayson que se realmente acontecesse, seria a pior coisa que qualquer um dos envolvidos já participara. Parker decide então mudar o lugar, indo para um clube de strippers, que é onde Grayson conhece sua cliente.

Durante o episódio inteiro, Grayson tentou ao máximo evitar o encontro com o sogro dele. Carma realmente é uma vadia, né? Pois além de ficar evitando, teve que lidar com ele enquanto representava strippers. Algo totalmente engraçado.

O ‘problema’ entre Fred e Stacy foi tão bobinho que acho que não devia comentar.. mas vou. Ele devia saber que humanos possuem pais e por isso, devia ter pensado em pagar atores bem mais cedo. Jane teve um pequeno drama esse episódio também, ligando sem parar para o seu médico, só para descobrir depois que ele havia esquecido o telefone na casa dela, na noite que eles fornicaram.

O caso do nugget foi a coisa mais linda, principalmente quando ele apareceu e era realmente do tamanho da mesa. Porém, Jane passou um pouco da linha quando falou coisas não muito agradáveis para conseguir o acordo. Foi um momento que eu não gostaria de ver novamente e o relacionamento entre Eli e sua mãe é adorável.

No quarto episódio, Drop Dead Diva me deixou um pouco na mão. O episódio foi entitulado como ‘o casamento’ e cadê o evento, então?

Os casos não foram tão bons assim e deveriam ter dado mais atenção ao evento principal. Do nada, Vanessa decide que não quer casar com Grayson pois viu ele dançando com Jane? Sério?  Esse seria o episódio perfeito para explorarem o relacionamento de Grayson e Vanessa, mas nem isso os roteiristas foram capazes. Por isso, é difícil não rir quando Vanessa decidiu não se casar.

Estava na cara que o ruivinho queria voltar pra cadeia e gostei do tema, foi algo nunca visto na série. O caso do camelo foi totalmente desnecessário, nem a cena do tribunal, que devia ser engraçada, agradou. Senti que os roteiristas tentaram dar mais enfoque nesses casos e não se importaram com o casamento.

Chegando nos cinco minutos finais do episódio, que o casamento acontece. Confesso que as cenas foram boas. Vanessa indo embora, Stacy lendo o poema, Grayson lidando com a rejeição, ficando bêbado e a vaga sensação que poderia ter algo entre ele e Jane. O que não entendo é porque ele sempre se fode na série?

Jane fingindo que está tudo bem com tudo e feliz por Grayson também foi muito forçado. Tudo bem que ela foi assaltada e tal, mas mesmo assim, né? Ela devia ter feito igual no episódio passado, dando uma de bitch e tirado logo as roupas naquele quarto de hotel.