Arquivo da categoria: The Big C

HBO Brasil confirma How to Make It In America, Bored to Death, Hung e mais como renovadas

Em uma coletiva realizada na tarde de ontem (5) em São Paulo, a HBO Brasil anunciou as séries que estarão na sua grade de programação para 2012, sendo que a maioria delas ainda não tiveram a renovação oficialmente anunciada nos Estados Unidos.

                              
                                         How to make it in America é confirmada para sua 3ª temporada 

Dentre as que não foram renovadas oficialmente e foram confirmadas pela HBO Brasil estão: How to Make It In America, Bored to Death, Hung e Curb Your Enthusiasm.       


Além dessas, também foi falado de algumas séries renovadas oficialmente como, 
True Blood, Boardwalk EmpireMad Men, TremeThe Big C e Game of Thrones, que terão novas temporadas exibidas em 2012.

O canal 
afirma que a renovação de todas séries citadas será feita em breve pela a HBO, nos Estados Unidos.

Foi confirmado também que a HBO comprou os direitos da inédita série da Showtime House of Lies, confirmou a exibição de LuckVeep e Girls, ambas para 2012, oficializou o cancelamento de Alice e garantiu a exibição dos episódios da terceira temporada de Capadócia e Mandrake.A renovação de Prófugos e Mulher de Fases ainda está em negociação.

Fonte: Temporadas

Frases: As Melhores Frases De Cathy Jamison

Ela é uma verdadeira guerreira, seu “humor negro” conquistou e emocionou a todos que acompanha sua historia e luta pela sobrevivência. Relembre as frases e diálogos citados por essa grande personagem e atriz (Cathy Jamison- Laura Linney) de The Big C.

Trilha Sonora: Temas De Abertura

Baixe agora algumas musica que são tema de abertura da suas series favorita.



(The Big C)


Leftover Cuties – Game Called Life : Download




(Rizzoli & Isles)

I’m Shipping Up To Boston – Dropkick Murphys: Download



(Pretty Little Liars)

The Pierces- Secret: Download



(Community)

The 88- At least I was here: Download


(Fringe)

Fringe-Theme Song:Download




(Shameless)

The Luck You Got – The High Strung:Download
…@Tatamara25

Review – The Big C 2×13 – Crossing the Line (Season Finale)

The Big C com a sua explosiva Season Finale

Ah, Big C. Como você é safadinha. Fiquei traumatizado com o péssimo episódio semana passada que fiquei até com medo de assistir esse. Eu devia saber melhor, já que The Big C já provou ser uma das melhores dramédias da atualidade, mostrou um ótimo episódio, provavelmente o melhor da temporada. Seria melhor se Andrea tivesse aparecido, mas mesmo assim, foi excelente. Até a existência de Adam não me irritou tanto e isso significa muita coisa.

Pra começar, Cathy com a ideia de correr na maratona por Lee. Foi um ótimo jeito de despedir dele na série, já que o jeito que ele morreu semana passada, a edição, foi algo extremamente péssimo. Já que o episódio inteiro seria dedicado à maratona e a possível queda de Cathy, não fiquei muito preocupado com Paul e seu vício, um plot que foi colocada estrategicamente no final da temporada só para acabar com o personagem.

A temporada foi de Paul. Enquanto Sean tinha sempre as melhores falas e ações, Paul se desenvolveu muito nessa temporada. Pra começar, ninguém aguentava ele na primeira temporada e talvez no começo da segunda. Entretanto, ele se mostrou ser uma pessoa passional, que cuidará de Cathy até o seu último suspiro. Ele se tornou muito querido e só de pensar na possível morte, já me deixe com água nos olhos.

Veja, em termos de roteiro, The Big C não fez um bom trabalho nesse Season Finale. Entretanto, eles abriram as possibilidades para a terceira temporada CONFIRMADÍSSIMA e que poderá ser bastante diferente se Paul de fato, estiver morto. Cena lindíssima aquela no final e acho que todos lembrarão dela por muitos e muitos anos.

@marcoacpontes

Review – The Big C 2×12 – The Darkest Day


Na verdade, não foi o dia mais escuro. Foi o episódio mais horrível.

Não gostei de absolutamente nada nesse episódio. Nem da trilha sonora. Foi excesso atrás de excesso, soluções ridículas atrás de problemas mais ridículos ainda que me fez categorizar esse episódio como o pior já feito por The Big C.

Só teve um momento de luz e foi quando Cathy deu uma lição de moral para os estudantes do Dr. Velho… tirando isso, a série conseguiu me decepcionar bastante. Pra começar, Cathy ainda acha OK Paul ficar roubando da loja e ainda fica comprando presentes de natal pra ele. Nem mais nenhum diálogo sobre o ‘esquema’ foi mostrado nesse episódio.

Toda aquela situação de Myk foi totalmente aleatória, mostrando que nada que o personagem fez foi genuíno e essa mudança também não foi legal. Pior mesmo é terem colocado o plot da cocaína um episódio antes só para que no final deste, a bomba explodisse na cara de Paul.

Tinha grandes esperanças que esse relacionamento de Andrea e Myk seria uma ótima storyline e nem isso foi. Foi tão ridículo o jeito que aconteceu: claramente, bem após Paul ter descoberto sobre o visto vencido do gringo e ele ter ido atrás de Andrea na escola, para SE CASAREM UM DIA DEPOIS, não havia mais duvidas que ele realmente é um vigarista e que foi extremamente estúpido da parte da chocolate não desconfiar de tudo isso.

Estúpida mesmo foi a edição que fizeram no momento da morte de Lee e a descoberta da ilegalidade de Myk foi ridículo. Não tinha nenhum motivo para fazerem isso, além de, obviamente, matarem toda a emoção que a morte de Lee foi.

Pior do que tudo isso, foi Poppy, NO MEIO DO NADA, aparecendo na série novamente e se revelar uma louca que sabe que seu pai morreu dois anos atrás e não o consegue deixá-lo ir, mentindo para todos em sua volta. A situação foi tão horrível nesse episódio que estou até com medo de ver a Season Finale.

@marcoacpontes

Review – The Big C 2×11 – Fight or Flight

A internet não é para pesquisa. É para pornô!!


Faltando um episódio para a Season Finale, The Big C resolve dar uma corrida com as tramas para tentar fazer uma season finale excelente e, porque não dizer, excêntrica. Cathy finalmente acha que está ganhando, mas infelizmente, Sean e Lee não estão ajudando muito o humor dela, já que a loirinha tem que ficar se importando demais com esses homens, até comprando uma passagem de avião para Lee ir à Alemanha.

Cathy também descobriu sobre o negócio secreto de Paul e achei que ela deixou ele se safar muito fácil. Além do mais, ela ainda vai usar o dinheiro para passar o natal na Itália. Pelo menos tudo isso mostrou algo: Cathy precisa parar de tentar controlar tudo, precisa ir logo pra Itália e deixar Paul dar uma chupada no canolli dela.

Adam não me irritou tanto no episódio, finalmente. Ele ficou procurando o tio e mesmo que não fosse ele morto naquela cena, fiquei com muito receio da cena e me emocionei bastante com o que veio depois. Cathy finalmente deu um chega pra lá na atitude ‘tô nem aí, tô nem aí’ de Lee, mas não adiantou nada, o safado continua querendo morrer e trepando com estranhos todo dia.

O relacionamento de Andrea (que apareceu na série depois de uns 3 episódios fora) com Myk é meio estranho, já que eles não possuem tanto tempo em tela e fica difícil ficar feliz pela proposta de casamento. O que vai acontecer quando ela descobrir sobre os negócios na surdina do loiro? Acho que ela vai continuar noiva dele de qualquer jeito.

O plot da cocaina apareceu do nada do mesmo jeito que a droga apareceu na minha vida. Não sei de onde eles tiraram isso, só se for para tentarem fazer uma Season Finale muito digna… cheia de coca.


Review – The Big C 2×10 – How Do You Feel?


Um episódio satisfatório para a temporada.

The Big C começa a tentar testar coisas novas. Nessa semana, Lee e Cathy finalmente voltaram a se falar, mas sem precisar daquele discurso sobre o quanto as pessoas são maldosas e falam coisas desnecessária e sem pensar, as vezes. Foi somente eles se reconectando, bebendo muito vinho e pegação de peito.

Sean está mais do que certo com a sua atitude. Por possuir diversos problemas e por ser daquele jeito, com certeza a chegada de uma nova família e um bebê poderia fazer com que ele queira ir embora. Só não gostei do timing. Tanto Sean quanto Lee estão indo embora, e isso não é uma coisa boa para acontecer, principalmente agora com o câncer de Cathy finalmente melhorando.

Não estou gostando dos rumos desse finalzinho da temporada. Lee devia continuar vivo. Aparentemente, todo final de temporada terá uma morte de um amigo de Cathy. Isso não é legal. Rebecca foi embora e Sean parou de tomar os medicamentos. Sabe-se lá onde o louco vai parar. O tratamento está funcionando em Cathy, mas só isso também, pois ela está mais perdendo quase tudo em sua volta. Porém, não dá pra sempre ter episódios alegres, dramédias. Precisamos de episódios fortes, como foi esse.

Por outro lado, o relacionamento entre Adam e Poppy é divertido. Ela realmente não aparenta ter 37 ou 38 anos. As cenas dentro da reunião da turma do colegial foram extremamente divertidas e não poderiam ser mais certeiros com a escolha da música. Além disso, Adam finalmente parou (pelo menos nesse episódio) de ser egocêntrico e percebeu que há muitas outras pessoas que são mais fodidas do que ele mesmo.

Cathy é uma gênia, colocando ‘Goodbye’ como o nome na balança. Paul, por outro lado, tentando fazer algo bom para a esposa (leia-se: roubo), acabou levando na cara, descobrindo que na verdade, ele aparenta ter um corpo de um IDOSO.

Review – The Big C 2×09 – A Little Death

Quando eu vi a promo do episódio dessa semana, fiquei com receio. Parecia que o episódio seria uma loucura. Eu estava errado, tinha mais loucura do que eu esperava.
O episódio girou em torno da morte da baby Cathy. Sean, sendo o amor de pessoa que é, decidiu, junto com Rebecca, promover o funeral. Claramente, muita gente ficou confuso por causa do nome e achou que, de fato, Cathy havia morrido. No geral, Paul realmente começou a participar da quadrilha de roubo de Myk e esse último penetrou pela primeira vez Andrea. Adam arrumou uma nova amiga e todos esses últimos eventos foram totalmente ofuscados pelo evento principal.
A série sempre soube lidar com a morte de uma forma engraçada e dramática ao mesmo tempo. Com tantos clichês que a morte poderia trazer tudo o que recebemos foi um “não atrasem a felicidade”. Além disso, Cathy chegou à conclusão que “se vai morrer, morra com estilo”. Dessa forma, Paul decidiu comprar um caixão e lugar no cemitério mais agradável e caro o possível para a nossa querida loira.
Rebecca, por outro lado, parecia bastante não-abalada com a perda da filha. Só ela mesma poderia trocar o luto por sushi. Sean quis se tornar mais louco ainda, parando de tomar seus remédios e querendo botar fogo no berço. Cathy também lidou muito bem com tudo aquilo: conseguiu rever suas amigas do colegial, tornou o funeral o próprio e ainda chocou falando certas coisas para a vadia do rugby. Porém, foi difícil conter as lágrimas quando Cathy começou seu discurso para baby Cathy. Por outro lado, perdemos Rebecca para sempre. Nunca gostei tanto dela, mas a dinâmica que ela trazia para a série era ótima.
Então, finalmente chegou aquele dia que era inevitável: um episódio que eu não gostei 100% de The Big C. Todas as outras histórias do episódio envolvendo os outros personagens pareciam mais distantes e meio desnecessárias por causa do enterro e parecia não ser muito importante agora. Agora, foi extremamente divertido ver Myk e Andrea dando uns pegas e ainda quase quebrando a van. 

Review – The Big C 2×08 – The Last Thanksgiving

 
Explosão de emoções. É assim que descrevo esse thanksgiving da família Jameson.

Adoro episódios do jantar de ação de graças. De alguma forma, em todas as séries, esse tipo de episódio funciona. Aqui, não foi diferente. Todo o drama familiar estava lá, com todas as piadas infames e todas as interações entre os personagens, que é o principal da série.

Cathy decide chamar Lee para o jantar, mas não quer contar que ela perdeu uma unha, sendo um dos efeitos colaterais do tratamento, já que ela percebeu que nenhum dos efeitos estão acontecendo com Lee. Dessa forma, ela usa uma unha postiça LINDÍSSIMA, com Andrea lá sempre causando e sensualizando. Rebecca foi outra que causou: achava que Maria Madalena era a mãe de Jesus (WHAAAT?) A reação de Andrea foi ótima.

Sean e Adam capturam o peru, mas o traz vivo para dentro de casa e agora terão que matá-lo. Porém, Adam resolveu ser idiota mais uma vez (como sempre) e nomeou o peru de Marty. Sean, sendo pirado do jeito que é, decidiu que não queria mais matá-lo agora, e a cena toda terminou com os dois correndo atrás dele na rua. Cathy resolveu cortar o mal pela raiz, acabando com a vida do pobrezinho no final do episódio. Obviamente, não era o peru que ela queria degolar.

Houve enormes desenvolvimentos em relação aos personagens. Rebecca parece totalmente diferente, toda romântica e querendo se casar, roubando o anel de noivado de Cathy. Adam, por outro lado, além de nomear o peru, ESCANDALIZOU na vida de Andrea e agora a chocolate acha que todo homem é um vagabundo. Pelo menos ele apareceu e colocou um pouco de senso na cabeça dela, acabando com Myk e Andrea se pegando bruto emcima da mesa de jantar.

Falando em Myk, achei que a história dele iria por outro lado. Quando Paul descobriu, tinha certeza que ele faria a coisa certa e daria um fim ao problema. Mas não! Ele agora quer também participar do esquema de furto. Paul querendo penetrar Cathy foi totalmente divertido. Penso que o personagem é gay. No episódio anterior, ele ficou extremamante empolgado no bar gay e agora ficou com tesão após Lee falar sobre sexo gay. OPA.

A cena do jantar não foi exagerada. Tudo parecia estar de acordo com o episódio e de acordo com o desenvolvimento dos personagens. Todo mundo estava sendo sincero e realmente era o ultimo thanksgiving para algumas pessoas. Lee, por outro lado, ficou extremamente chateado e nervoso quando Cathy mentiu para ele. Para alguém que supostamente é gay, o chilique dele foi bem hétero, tirando a parte que ele jogou vinho no bolo. 

Sigam-me no twitter: @marcoacpontes

Review – The Big C 2×07 – Goldilocks and the Bears


/* Style Definitions */
table.MsoNormalTable
{mso-style-name:”Tabela normal”;
mso-tstyle-rowband-size:0;
mso-tstyle-colband-size:0;
mso-style-noshow:yes;
mso-style-priority:99;
mso-style-parent:””;
mso-padding-alt:0cm 5.4pt 0cm 5.4pt;
mso-para-margin-top:0cm;
mso-para-margin-right:0cm;
mso-para-margin-bottom:10.0pt;
mso-para-margin-left:0cm;
line-height:115%;
mso-pagination:widow-orphan;
font-size:11.0pt;
font-family:”Calibri”,”sans-serif”;
mso-ascii-font-family:Calibri;
mso-ascii-theme-font:minor-latin;
mso-hansi-font-family:Calibri;
mso-hansi-theme-font:minor-latin;
mso-bidi-font-family:”Times New Roman”;
mso-bidi-theme-font:minor-bidi;
mso-fareast-language:EN-US;}

Quem não gosta de The Big C é por que ainda não assistiu a série.
Sério, a série é TÃO BOA, mas TÃO BOA, que às vezes eu fico com tédio de fazer reviews, já que sempre falo a mesma coisa: Cathy e Cancer são demais! A série tem uma personalidade própria, com personagens nada convencionais, com assuntos piores ainda, mas que de algum jeito, dá certo.
Nessa semana, Cathy fica decepcionada por não ter feitos colaterais por causa do tratamento –que obviamente, não está funcionando- e ainda leva Sean junto para o hospital. Sempre quis ver ele em alguma situação daquelas, em um hospital e atrapalhando a enfermeira com as perguntas mais estranhas do mundo.
Adam é um que não serve mais pra série. Ficou chateado por que a ex-namorada dele o EXCLUIU do facebook. Alguém me explica? Andrea, por outro lado, estava lá com toda a sua safadeza, salvando completamente o encontro com Myk. Não acho que ele deve ser um ladrão, talvez ele comprou a TV antes de levar para a loja.
Lee e Cathy são ótimos juntos e gostei da dinâmica que eles possuem perto do Paul. Tadinho, nem consegue ficar por dentro de uma única piada. Qual é a resolução? Ir com o casal ‘almas gêmeas’ para um bar gay. Paul se divertiu bastante, sendo até encoxado e ajudado por um bear que estava usando nada, praticamente. 
Cathy se masturbando enquanto ouvindo Lee falar foi uma situação tensa. Aparentemente, ela aceita qualquer homem, seja hétero, gay, transexual, whatever. Pior ainda foi Marlene aparecendo do nada (aaaah) e causando com seus comentários, principalmente sobre a festa do céu.
Além do mais, quem se importa com Lee ter jogado o número do peguete fora? Eu faço isso toda hora.
Sigam-me no twitter: @marcoacpontes