Arquivo da categoria: True Blood

Frases: Frases De True Blood


Confira algumas frases e pequenos diálogos citados na série True Blood.


Sookie: “Então, o que você… A mordeu?”
Bill: “sim.”
Sookie: “você a drenou?
Bill: “Sim.”
Sookie: “Você fez sexo com ela?”
Bill: “NÃO.”
Jessica: “Velho.”


Pam: “Não me lembro de te dizer que lavanda é minha cor favorita.”
Sookie: “Não estou no clima de esquisitice lésbica hoje, Pam.”


Eric: “Bill você é muito ligado à sua amiga?”
Bill: “Ela é minha.”
Sookie: “Sim, eu sou dele
Eric: “Que pena, para mim.”


Sookie: ” Ele é seu criador “
Eric: ” Não fale coisas que você não entende. “
Sookie: ” Você o ama. “
Eric: ” Não fale de coisas que eu não entendo.”



Lafayette: “ O que você ta fazendo aqui?
Tara: ” Eu trabalho aqui. “
Laffa: Não trabalha não
Tara: ” Trabalho sim sua vadia feia.”

Sookie: ” Queria que Bill estivesse aqui.”
Terry: Há pessoas mortas que eu gostaria que estivessem por perto também.


Sookie: ” Todos os Vampiros podem voar?
Eric: Todos os humanos podem cantar?

“Nossa existência é insan” (Godric )


“Sou um sobrevivente em primeiro lugar. Capitalista em segundo, e um monte de outras merdas depois mas prostituta é o último. Então, ainda que as chances que Tenho de tirar meu rabo negro da reta sejam as mesmas de um judeu na Al Qaeda, quero tentar. Então, o que querem saber?” (Lafayette)


“Sabe… eu já estive no paraíso… e foi dentro da sua mulher.” (Jason)



“Um humano junto a mim no final, e lagrimas humana. Dois mil anos, e eu ainda posso ser surpreendido.” (Godric)


“Vai achar outro, sua vaca fodida, esse você já perdeu!” (Sookie)


“Com Licença. Quem foi que pediu o hambúrguer… Com AIDS?” (Lafayette)


“A terra é um organismo vivo.” ( Amy)


“Sou uma porra de aberração da natureza.” (Jessica)


“Será que Sam pode virar uma galinha e botar um ovo? Não seria estranho comer algo que veio de dentro de você?” (Jason)


“Acreditar no amor pra quê? as pessoas pegam o que querem e simplesmente vão embora.(Tara)

…@Tatamara25

Review – True Blood 4×12 – And When I Die (Season Finale)

A season finale que todos amaram ou odiaram.

Esta temporada de True Blood foi invadida por críticas de todos os lados. Amantes, posers, fãs-incondicionais, vampiros… todo mundo resolveu usar a língua afiada para criticar e não pouco, MUITO, toda a temporada. É indiscutível que, sim, o nível de True Blood em alguns aspectos caiu bastante nessa temporada. Quando vejo ela como um todo, o saldo foi extremamente positivo. Não sou hipócrita a ponto de falar que não houveram problemas esse ano. Tivemos e até demais. Agora, falar que a quarta temporada é a pior de todas, que todas as histórias não foram o suficiente ou até que tivemos uma season finale horrível, aí já mostra que, realmente, não sabe do que está falando.

O começo da temporada foi bastante peculiar, junto com diversos episódios que se seguiram. As tramas não foram desenvolvidas de forma rápida então eu sei que, para alguns, acontecimentos de episódios passados até esse foram vomitados na nossa cara. Poxa, temos somente 12 episódios. Não dá pra colocar TUDO que será mostrado nos 3 primeiros episódios e continuar a temporada normalmente. Tenho certeza que se fosse assim, com toda a história desenvolvida desde o começo, as críticas seriam maiores do que já são. Encontre o meio termo, então. O negócio aqui não é 8 ou 80, precisa achar um equilíbrio e parar de criticar tanto uma produção que, se você está vendo até essa season finale, você é um fã.

Concordo, porém, que a season finale foi bastante apressada e não de uma forma agradável. Tivemos alguns momentos de vergonha alheira, mas pelo menos tivemos uma limpa no elenco. Já foi um ponto positivo. Entendam: não gostei muito da season finale. Entretanto, foi melhor do que o final da terceira temporada e muito melhor do que diversos episódios dessa temporada. Sinto que True Blood fechou uma temporada instável da melhor forma possível para Allan Ball. Entretanto, tivemos uma temporada que não trouxe nenhuma evolução para a série.

Sou fã do cara e quero ter filhos com ele. Porém, a forma com que ele resolveu terminar tudo foi um pouco desleixado, para dizer o mínimo. Devíamos ter tido uma participação maior de Lafaytte como Marnie e sinto que foi muito, MUITO fácil Holly conseguir trazer de volta todas aquelas almas penadas. Entretanto, mesmo aparecendo só um pouco, Fiona Shaw (Marnie) mostrou que consegue atuar em círculos e com os olhos fechados perto de muitos atores naquela série.

A partir daí, tivemos só coisas desnecessárias e percebi que o episódio continuaria assim até o final mesmo. Tivemos muitos plots que serão desenvolvidos na próxima temporada mas não tivemos nenhum momento impactante. Aliás, faz duas temporadas que True Blood não mostra um final impactante. Todo mundo sabia que Sookie ia dar um leve passeio no mundo das fadas e voltaria e todo mundo sabe que Tara não vai morrer. 
 
Tivemos muitas aparições de almas penadas nesse episódio e quase nenhuma foi divertida. Renee voltou só para assustar Arlene e nada mais. O irmão do marido dela apareceu do nada para uma cena de 1 minuto e pronto. Novamente, muitos plots interessantes para o núcleo da ruiva. Ainda não consigo superar o plot do baby dela. Era só uma fantasma chocolate querendo a criança de volta. Simples assim.

Jesus foi a única morte que me senti mal. O relacionamento dele com Lafayette é, de longe, o mais estável de toda a série. Aquela cena em que Bill e Eric drenam Sookie e na verdade, queriam estar penetrando-a, foi totalmente desnecessária, mas foi um fechamento também. Agora, Sook pode finalmente se concentrar no sangue quente de Alcide.

Porém, o final apresentou uma conclusão mais digna do que o desastroso final da temporada passada. Isso não quer dizer muita coisa, mas já é um ponto positivo. Titio Bola conseguiu fechar diversos outros arcos que estavam sendo criticados durante a season. Ainda temos lá diversos personagens que não trazem nada de novo para a série, mas o que Sookie andou fazendo essa temporada toda? Só andou ganhando penetração. 
 
E só mais uma coisa: RUSSELL EDGINGTON IS BACK!!!

Promo – True Blood 4×12 ‘And When I Die’

Confira o promo legendado do episódio 4×12 de True Blood “And When I Die”.
Siga, te sigo de volta:

Review – True Blood 4×11 – Soul of Fire

Fucking Sookie!


Deem-me as mãos e façam um feitiço comigo para que Alan Ball não foda a Season Finale de True Blood. Como em temporadas passadas, titio Alan gostou desse negócio de resolver praticamente tudo no penúltimo episódio da temporada. Obviamente, ele fechou alguns arcos, mas ainda deixou espaço para um especial que só veremos domingo que vem. Vamos só esperar que ele não foda completamente com a série, já que é o que ele mais anda fazendo durante essas duas temporadas.

Não é de se estranhar que muita gente, eu digo, MUITA GENTE, está reclamando bastante de True Blood e não é de se estranhar. Dá pra perceber sim, uma falta de criatividade nas histórias, sem contar a falta de arcos interessantes. Concordo que esse episódio teve muita enrrolação, mas temos que ver o saldo geral e não, não foi negativo.

Muito pelo contrário. Acho que o problema mesmo foi que titio Alan Ball decidiu decepcionar aqueles que são FOGOSOS com os plots quando decidiu gastar o tempo que quisesse ao desenvolver os arcos. Agora, mesmo que estejamos no final, tudo está completamente desenvolvido e pronto para uma orgia.

Não dá pra falar mal da interpretação de Marnonia. A atriz é simplesmente fenomenal. Sim, eu gostaria de descobrir sobre as motivações da personagem vários episódios atrás, mas isso não fez tanta diferença assim. Ela deu um show completo nessa temporada, roubou o show de praticamente todos os personagens e vários vilões que já passaram por Bon Temps. Ela até ganhou um HI-FIVE do loucão da loja das Bruxas de Salem por ter fritado a vampira no campo de força!

Porém, a resolução em si de toda a situação foi um pouco envergonhosa. Só precisou Jesus aparecer com uma máscara do diabo e acabou assim, tão fácil? Agora, se o final realmente fosse daquele jeito, Alan Ball teria facilmente estapeado a cara da sociedade! Felizmente, teremos agora Marnie, toda pistolada, no corpo do nosso chocolate preferido.

Sookie, por outro lado, continua sendo uma empata da própria foda. Espero que no próximo episódio ela finalmente consiga uma dupla ação. Sinto, porém, que ela não deve ficar com nenhum dos dois, já que os amam igualmente. Então, acho que ela devia PEGAR LOGO O LOBISOMEM DELICINHA!

Falando nele, finalmente teve um próposito na série além de me deixar com uma puta ereção. Finalmente demos tchau tchau para Marcus e já não era sem tempo. Ele falou para Debbie que Alcide não consegue dar o que ela precisa. Duvido. Aquela mulher deve ficar toda satisfeita com a vida e consigo mesma só de ver o delicinha tirando a camisa, imagina na hora do coito. Sam, porém, deve perder a nova família por ter ‘matado’ Marcus. O pior mesmo foi que o safado também não teve muita função essa temporada, só ficou levando NA CARA o que o irmão fazia com ele.

Andy fez nada no episódio, além de ficar correndo pela matinha e ter tido uma puta transa. Só achei que a fada tem um gosto peculiar. Outra vez, espero ver alguma resolução ou finalização de toda essa baboseira, já que estamos chegando no final e até agora Andy não fez merda nenhuma.

No geral, foi um bom episódio, fechando alguns arcos e dando continuidade para o arco principal. Laffayette, porém, é muito fácil de ser possuído. Não é por que ele gosta de ser domado na cama que os fantasminhas podem ficar fazendo isso com ele fora dela.

Review – True Blood 4×10 – Burning Down the House


Um episódio com o título mais nada a ver com o episódio em si.


Faltando um episódio para o Season Finale, fica difícil de não rir como o episódio não foi aproveitado nesta semana. Havia histórias desnecessárias (como sempre), morte que devia ter acontecido fazia muito tempo e até uma reabilitação para viciados em V na matinha.

O que não posso reclamar é que finalmente tivemos um empurrão na história principal da temporada, mesmo que esse empurrão aconteceu de maneira devagar, algo que não aconteceu nas últimas temporadas. Nesta quarta temporada, titio Alan Ball decidiu que estava na hora de colocar histórias desnecessárias, com desfechos mais horríveis ainda e construindo devagar (quase parando) as Bruxas de Salem. Agora, não há como discutir que estamos chegando em um final de temporada imprevísível e ao meu ver, um dos melhores. Sabia que colocar as Bruxas de Salem como principal nessa temporada seria uma boa idéia. Eu estava certo.

No geral, foi um episódio bem morno em relação a alguns já passados. Uma coisa que não está dando muito certo é fazer cliffhangers no final do episódio para ser resolvido rapidamente e sem perda de CORPOS no outro. Todo mundo sabia que Bill não iria morrer e muito menos o delicinha Eric. Agora, pelo menos Sookie decidiu que queria o sexo a tres na vida real também, falando que ainda ama Bill para Eric. Esse último voltou ao normal por causa da LUZ de Sookie, e mesmo assim, ainda parece muito com o novo Eric que esteve presente, penetrando Sookie loucamente.

FINALMENTE Tommy bateu as botas. Acho que ninguém tinha compaixão pelo personagem, só Sam que decidiu comentar bem no finalzinho daquela cena SUPER emocionante, que nada era culpa de Tommy. Como assim? Ele fudeu com a sua vida, bem no sentido literal da palavra e ele decidiu que não é culpa dele? De quem é a culpa, então? Tara? Pelo menos Alcide FINALMENTE terá algum uso essa temporada (mesmo que seja só para segurar pessoas para serem espancandas) além de ficar tirando a roupa toda hora (isso não é, aliás, muito pelo contrário) e Debi é uma que nem vou comentar: devia ter morrido junto com Tommy também.

Não houve cenas picantes nesse episódio e fiquei extremamente irritado por causa disso. O drama Jason e Jessica ainda continua e agora o meu amor pelo relacionamento deles acabou-se. Não aguento mais ver os dois juntos. Ou vai fornicar o tempo todo ou NÃO VAI. Decida Jason, ninguém aguenta mais essa bipolaridade. Em relação a dupla penetração que Sookie vai ganhar, o episódio foi um total empata-foda. Sookie decidiu que não iria mais ajudar Bill e os vampiros e agora quer salvar Tara e se livrar de Marnonia. O choque mesmo foi descobrir que Marnie que estava por trás de tudo e não Antonia.

Andy ficou numa reabilitação com o seu primo e ninguém se importa com isso. Jesus tentou dar uma ingênuo e acabou fazendo todo mundo, menos Jason, desaparecer. O que será que vai acontecer, quando Bill e Eric descobrirem que a pikachu da Sookie está lá dentro? Orgia, com certeza.

Seria bem mais apropriado o nome do episódio não ter sido esse e muito mais apropriado ainda se o episódio da semana que vem fosse ‘Burning Down the House’, pois só semana que vem isso vai acontecer.


Promo – True Blood 4×11 ‘Soul Of Fire’

Confiram o promo do próximo episódio de True Blood 4×11 ‘Soul Of Fire’.
Para mais promos e trailer legendados se inscreva no canal:
E siga no twitter, te sigo de volta (:

Review – True Blood 4×09 – Let’s Get Out of Here

Eu também não gostei de descobrir que a Jessica gosta de Taylor Swift.

Essa foi a primeira vez em algumas semanas que fiquei olhando o tempo do episódio, querendo que esse acabe logo. Como assim? Saiu daquilo, pra isso? Não gostei muito do episódio, como podem ver. Claro, tivemos alguns desenvolvimentos e alguns fechamentos, mas em si, senti que faltava alguma coisa, aliás, MUITA coisa para o episódio chegar ao nível do 7º, pelo menos.

Para começar, tivemos um excesso de histórias acontecendo no episódio – algo que nem sempre é algo ruim, mas nessa semana, foi uma merda – e com isso, a série me deixou totalmente entediado. O pior mesmo foi eles vomitando várias histórias ao mesmo tempo na nossa cara e ainda não fazerem o trabalho direito.

Sookie não morreu – choque – e muito menos se tornou uma deficiente, ou algo do tipo. Ela ficou mais safada ainda. Agora, além de ficar com muito tesão pela falta de Eric, ela teve que sonhar para conseguir se satisfazer e, CHOQUEM, não bastava o Eric. O Bill também foi chamado para a orgia dessa vez. Só estava faltando o lobisomem delicinha, Alcide, para completar o time da orgia.

MARNONIA estava treinando seu novo boy toy, Eric, para matar o rei (leia-se Bil). Sinceramente, até eu deixaria o Eric me matar, então deixe matar logo o Bill. Com certeza, naquela cena de sexo a três que aconteceu, os dois devem ter aproveitado e passado a mão e outras coisas no corpo um do outro (!!!). Rolou penetração gay, tenho certeza. 

Sam continuou a brincadeira de homem sério de família no episódio inteiro. E quando eu pensava que finalmente ficaríamos livres do Tommy, aquela criança volta, tentando causar com Marcus e eu espero, que dessa vez, ele realmente tenha morrido de vez. Ninguém vai sentir a falta dele mesmo. 

Alcide, por outro lado, virou uma mulherzinha no episódio. No começo, teve um PITI por causa de Sookie, tentando causar na vida dela, reclamando sobre o relacionamento dela com os vampiros que fodem como não houvesse o amanhã e ainda não foi homem o bastante para deixar Marcus e o resto do bando matar Tommy/Sam. Nãão. Ele precisa intervir e reclamar sobre o ocorrido, salvando o safado.

Pelo menos uma coisa foi divertida: Jessica se queixando da sua vida de vampira com a loira vadia. Não sei como me sinto sobre o pseudo relacionamento entre a ruiva e Jason, mas sei que gostei das cenas de sexo CALIIEEENNTE entre os dois.

Hoyt, tadinho, teve que lidar durante o dia inteiro com um Lafaeytte dando A LOKA, brincando de possuído dentro da própria casa. Não acredito que depois de 9 episódios, e a apariação da chocolate, tudo o que os roteiristas puderam nos presentear foi uma tentativa de sequestro de um bebê? Além do mais, tanto Jesus quanto Jason e Andy conseguiram entrar na casa muito facilmente. Aparentemente, além de possuir o corpo de Laffayete, a chocolate também é cega.

Debbie resolveu ‘ajudar’ Sookie, mas deu pra ver que ela só fez isso por que estava dopada de V. Sério? De novo essa história do V? Ninguém percebeu que além de atrapalhar a história de Andy (isso porque ele tinha uma GRANDE história né), estão tentando transformar Debbie em viciada, de novo. Repetição de plots, oi? Além do mais, Sookie passou o episódio inteiro procurando o Eric. Desculpa, será que tem muitos puteiros wiccas em Bon Temps? E outra: não seria BEM mais fácil ela ter perguntado diretamente para Bill onde seria o tal encontro e tentado converter Eric lá mesmo? Ela realmente é tão burra assim, a ponto de achar que conseguiria entrar EN LA CASA DE MARNONIA e contrabandear um vampiro delicinha de 2 metros de altura? Sério?
 
Além de ficar brincando com o seu novo boy toy, Eric, Marnonia agora também resolveu dar uma de ditadora e mostrar para o seu bando das bruxas de Salem que LA ESPANHOLA ES LOCA. Além de tacar um foguinho nas portas para queimar a mão de qualquer bruxinha que tente sair, deixando todo mundo preso naquele lugar, fez um super plano para matar o rei. A vadia realmente está procurando vingança e não vai descansar até conseguir fazer todos os vampirinhos verem A LUZ.

Sigam-me no twitter: @marcoacpontes

Promo – True Blood 4×10 ‘Burning Down the House’

Promo legendado do episódio da semana que vem 4×10 (:
Para mais promos e trailers legendados se inscreva no canal:

E siga:

TOP 5 – Vampiros Delicinhas Que Você Pegaria

Os cinco vampiros mais desejados no mundo das serie. Eles são velhos mais suas fisionomias ainda são de pessoas jovens e “gostosos RS” até porque todos sabem as historia de vampiros. Veja agora os vampiros “delicinha” que fascinam a cabeça de muita gente.
05° Lugar

Iniciando esse top com 5° lugar para um vampiro que atualmente não esta chamando tanto a atenção mais ele não deixa de ser sexy. Por tanto o 5° lugar vai para ele, Bill Compton (Stephen Moyer) da serie True Blood.
04° Lugar

Todo mundo sonha em dar uns pega legal nesse vampiro, ele atuou na serie Moonlight que teve apenas uma temporada mais não foi esquecido “também uma delicinha dessa seria ate pecado esquecer” então relembrando o vampiro sexy Mick st John (Alex O’loughlin) da serie Moonlight.
03° Lugar
Pronuncia o nome Angel e difícil não se lembrar dele, todo charmoso, bonito e o que tem em comum, ele foi vampiro 3°lugar vai para… Angel (David Boreanaz) atuou na serie Buffy/Angel.
02° Lugar
E o Segundo lugar vai para ele nada mais nada menos que… Damon Salvatore (Ian Somerhalder) o rapaz é todo delicinha faz um otimo trabalho na série que atua sem dizer que seria uma injustiça nao coloca-lo no segundo lugar desse top, atua em The Vampire Diaries.
01° Lugar
Orgulhosamente apresento o vampiro delicinha que levou o primeiro lugar desse top, atraente , bonito,Sexy,e cobiçado , nas minha palavras se resume apenas em duas ‘Eu Amo’ Eric Northman (Alexander Sharsgard)

Review – True Blood 4×08 – Spellbound

Os viciados em sangue e sexo estavam com tudo nesse episódio.

Por episódios assim que True Blood é uma parte essencial da minha existência. Titio Allan realmente sabe o que está fazendo. Tudo o que foi apresentado até agora fez sentido e dá pra ver que há mais desenvolvimento chegando e que nada, NADA que foi mostrado até agora, foi a toa.

No episódio, os vampiros continuam a lidar com a crise que é MARNONIA. O que eu não entendi foi que, aparentemente, aquele feitiço que ela fez foi o mesmo feito séculos atrás, matando vários vampiros. Chegando em 2011, o feitiço voltou-se contra o feiticeiro, já que ela conseguiu fazer somente uma vampira virar vômito. Claramente, o corpo velho de Marnie está atrapalhando os poderes de Antonia. Falando no vômito, seria muito NOJETO se o Andy realmente comesse aquela coisa horrível que estava no chão.

Lafayette foi possuido pela chocolate lá. Gostei de como isso aconteceu, bem após um sonho. Só não entendi uma coisa: a boneca que estava amaldiçoada, possuida, tanto faz.. mas antes da boneca aparecer para a filha de Arlene, o bebê já estava se comportando de forma estranha. É erro meu ou o plot está furado? Como já era de esperar, Jessica não morreu. UIPA. Se tivesse acontecido isso, eu pensaria seriamente em parar de assistir a série. A ruivinha decidiu também finalmente terminar com Hoyt. Não gostei de como ele lidou com a separação. Por causa daquilo, eu teria achado melhor a versão alternativa do término de namorado, aquela versão em que Jessica o mata e depois é penetrada por Jason. 

É difícil lembrar do Eric verdadeiro depois que esse novo apareceu na série. Simplesmente não dá! Ele está tão carinhoso, altruísta e.. er, fica aparecendo toda hora com a cota de sensualidade da série e de pornô, com aquele shalong dele penetrando a Sookie o tempo todo.

A cena da neve foi lindíssima. E não só porque Eric estava nu o tempo todo. Mostrou a combinação perfeita de sangue de fada com um vampirão-fodão,para fazer os dois ficaram completamente chapados. Dessa forma, fica difícil não perguntar: onde arruma aquilo?

Pam estava LINDÍSSIMA nesse episódio. Aparentemente, aquela esfoliação deu certo. Alcide e Deb só apareceram para causar drama na situação de Sam, já que agora descobrimos que o alpha da matilha dos dois é o pai da filha lindinha da índia que fica fornicando com Sam. Numa luta, quem ganharia.. o metaformo ou o lobisomem? Eu acho que quem ganha é aquele que possui o maior shalong, mas isso é só uma opinião.

Não sei o motivo, mas gostava mais de Tara quando ela era toda fudida. Agora, ela está com Marnonia e aparentemente não entende o que está acontecendo. Bill a salvou de Pam e ela ainda pergunta por que? Ah, não sei. Talvez por que você é a melhor amiga da melhor foda que ele já teve?

Tivemos outro cliffhanger no final do episódio, com Sookie sendo baleada, mas felizmente, Alcide estava lá, após PROMETER a Deb que NUNCA MAIS iria procurar Sookie. Será que para lobisomens machos delícias uma promessa significa nada?

Bill estava pronto para conseguir um STOP! na guerrinha, mas Sookie e Eric apareceram falando que queriam deixar Bill participar da orgia, lutando com ele. Dessa forma, o inferno se abriu no cemitério, com todos os lados da luta marcando presença numa cena fenomenal. Agora, Marnonia tem o controle sob Eric e está vencendo a guerra. Quem vai ganhar, afinal?


Sigam-me no twitter: @marcoacpontes