Arquivo da categoria: Wilfred

Review – Wilfred 1×13 – Identity (Season Finale)

Foi muita doideira para um episódio só, quero dizer, que comédia termina uma temporada assim? Wilfred! E foi ótimo.

Na sua primeira temporada Wilfred já nos mostrou o que é e não é real para Ryan. Ele é doido? Alucinado? O único homem sensato em um mundo insano? Na minha percepção  Wilfred é apenas uma manifestação do subconscientes Ryan.

No começo do episódio Ryan se recusava a voltar aos velhos hábitos, mas não conseguiu dando uma de “à la Wilfred”  a um ponto que ele voltou a ser o “Arqueólogo” para ganhar o caso para Jenna, a mudança da urina para salvar a mesma e basicamente fazendo tudo para terminar o trabalho começado.

E o que isso lhe custou? Bem, ele forçou a irmã grávida para deixar seu marido e ir para a Índia trabalhar com o Dr Ramos, cujo qual ela teve um caso. Ele fez com que Jenna mudasse de opinião a respeito de se casar com Drew, pois ela acredita que está gravida.E isso tudo faz com que ele peça a Wilfred para ajuda-lo, Wilfred ajuda, saltando na frente de um carro, se ferindo gravemente fazendo-o até perder a memória, mas tenho certeza que não é esse tipo de ajuda que Ryan esperava.

O que faz de Wilfred diferente de qualquer outra comédia na televisão é que a série é um dia hilaria, outro dia totalmente dramática, além de ser engraçado e muito estranho, que nos faz realmente pensar, em “Identity” não foi diferente.

Eu gostei bastante de todas as reviravoltas do enredo da série, aflorando meu desejo que a série tivesse duração de mais de 30 minutos.


Quem ou o que é Wilfred?
 Mais ao ponto, o que se passa com o Ryan?Eu tenho que dizer que achei esta primeira temporada de Wilfred muito boa, no geral. Chegando ao topo após alguns episódios ruins no meio da temporada, tornando-se uma ótima comédia com um tema obscuro. Vamos ver o desenrolar dessa história na próxima temporada.

Anúncios

Review – Wilfred 1×12 – Sacrifice


Oh Ryan.

Falta um episódio para acabar essa temporada e nos deparamos com um episódio com menos humor que a série apresentou nos episódios anteriores, ou seja, focaram mais no drama, focalizando novamente na vida pessoal de Ryan.

Ele conhece uma bela italiana na praia que logo se apaixona por ele e o convida para viajar com ela para Italia, certamente ele fica com a dúvida se vai ou não, pois Jenna precisava da sua ajuda após ser demitida do seu novo trabalho, assim fazendo juz ao nome do episódio Sacrifice.





              

Ele desistiu, uma pena, pois até agora nós vemos o Ryan que quer agradar todos, faz de tudo para quem ama  e esquece de si mesmo, nesse episódio parecia que ele iria mudar essa forma de ser, mas não, acabou desistindo da viagem por causa da sua vizinha, Jenna, demonstrando mais uma vez que está perdidamente apaixonado.

Esperava uma âncora para a season finale e acho que se fosse, iria ser melhor, não que o episódio foi ruim, pelo contrário foi um dos melhores até aqui.

Wilfred me encanta com cada história em seus episódios, a cada lições de moral apresentadas pela série e nos momentos que você não entende nada, mas mesmo assim acha engraçado, assim é Wilfred e espero que a season finale seja tão boa quanto a série foi até agora.

Review – Wilfred 1×11 – Doubt

A Man and His Dog



Não entendi, mas eu ri.


Bom… posso começar falando que eu achei (acho que todos acharam) um episódio bem confuso, com todo esse lance de Wilfred ser ou não ser quem ele aparenta, uma coisa é certa, o Wilfred não é “normal” para seus padrões.

Ryan começa a ver Bruce, que eu acho que é imaginação dele, mas as vezes penso ao contrário porque conforme ele mesmo afirma estava lúcido a 10 dias, o tal homem teria sido a vítima de Wilfred em outras possíveis armações no passado, falando que Wilfred arruinou sua vida, contando o que aconteceu com ele que por coincidência aconteceu ou vem a acontecer com o Ryan.
                      

WILFRED (FX) Doubt Episode 11
Esse é o Bruce


Cada vez mais penso que o grau psicológico do Ryan está bem abalado, confesso que as vezes sinto pena do coitado, ser manipulado assim tão fácil por um “cachorro”, pensei que Wilfred iria partir pra outra história quando Ryan levou o Wilfred para a floresta lá para abandona lo.

Por um lado confuso, por outro engraçado, nos deparamos com várias cenas engraçadas nessa episódio, Wilfred medindo o rabo dele e as cenas finais foram o topo do episódio.

Continuo com o apelo para explorarem um pouco mais o lado canino de Wilfred, como nesse episódio que ele estava cheirando todas as moças la do Ioga, que foi até engraçado porque nós sabemos que os cachorros tem um ótimo faro.

Quero saber mais sobre Wilfred, da onde ele veio, porque que o Ryan vê ele assim, poderiam explorar bem esses assuntos nesses dois últimos episódios.

Review – Wilfred 1×10 – Isolation

Não tão bom quanto o anterior.
                        


Ryan é um pouco solitário e nesse episódio ele conhece mais pessoas na vizinhança, graças a Wilfred que aprontou na vizinhança e fez que todo mundo virar-se contra Ryan, mas após acabou incriminando outros para salva-lo.

A ideia do episódio foi legal, só que não funcionou, não gosto quando Wilfred tem essas “situações adultas”, após todos esses episódios eu vejo ele como um cachorro e não como uma pessoa vestida de cachorro (visão de Ryan).

Na minha opinião nos episódios que Wilfred tem essas atitudes, o episódio perde um pouco o brilho, agora a parte da bola, que o menino sacaneia ele e Wilfred fica louco tentando descobrir como ele faz aquilo, chegando ao ponto até incriminar o pobre garoto, isso sim foi engraçado, o lance da bola, apenas isso.Quando ele tem esse comportamento canino acho que o episódio melhora.

                  

Conhecemos o pessoal da vizinhança também, que aparentemente é bem legal, quero que o Andy (o menino que sacaneia Wilfred) compareça em mais episódios, achei bem engraçada a participação dele nesse episódio.

Faltando três episódios para o fim da temporada, Wilfred deixa de ser estranha, para ser engraçada e gostosa de se ver, principalmente com Wilfred que já nos convencemos que é um cachorro, pelo menos eu.

Review – Wilfred 1×09 – Compassion

Nessa semana Wilfred teve episódio duplo, esse primeiro podemos dizer que foi bom.

Jenna viaja e Wilfred acaba ficando carente por uma mãe e se “apaixona” pela mãe de Ryan, fazendo Ryan cair nas suas “manipulações” como sempre.


O bom desse episódio foi que nós conhecemos a mãe de Ryan, Catherine, Newman (nome de escrava), que é doida, primeiro ela da uns ataques lá na clinica onde o Ryan foi chamado para busca-la (após de 20 anos internada), depois continua repentinamente, no café da manhã, na frente da casa de Ryan e no almoço com Jenna.



Foi um episódio bem proveitoso em vários aspectos, na narrativa, nesse ponto eu achei que o episódio foi  melhor do que nos outros episódios, com toda essa história materna, Wilfred com o seu amor sendo substituido repetidamente, se encaixou direitinho.

O roteiro também foi bem aproveitado, e se destacou, com essa idéia da mãe de Ryan que é “meio doida” nos coloca uma dúvida em nossa cabeça, será que Ryan herdou os disturbios da mãe?

Após conhecer a irmã de Ryan, a mãe, agora nos falta conhecer o pai dele, que sua mãe tanto fala mal, quem sabe em um próximo episódio.

Review – Wilfred 1×08 – Anger

Wilfred (US) – Season 1, Episode 8 – Anger
Desde episódio anterior me sinto orgulhoso em assistir Wilfred.

Quando comecei a ver Wilfred não esperava que gostaria tanto assim da série, mas ela vem me surpreendendo, esse episódio por exemplo foi simplesmente sensacional!

Primeiro vem a tona a história do cachorrinho que o Ryan teve na infancia o Sneakers e que ele se culpa por ter o “matado”, que foi até uma história legalzinha, até a parte do Wilfred tentar convencer Ryan do seus poderes paranormais.

A dúvida que ficou, pelo menos para mim, foi se Wilfred estava contando verdade sobre a presença do espírito de Sneakers, pra mim foi a única parte que ficou meio mal contada.

Cenas engraçadas tiveram várias, como o Wilfred talvez imitando o Sneakers, o mesmo levantando as orelhas para ver como ficava com a coleira, ele fazendo magia negra, lave-me.

                           
Após o Wilfred arruinar a festa da Jenna, ela confessou que foi ela que tinha deixado o portão aberto no dia da morte de Sneakers, que fez Ryan ficar mais confuso ainda a respeito da situação, bom, se você viu os ultimos episódios com certeza entendeu essa descrença de Ryan em acreditar em Wilfred.

Grande avanço para Ryan que enfrentou Jenna, pode não ter caido mais em uma das brincadeiras de Wilfred e acabou perdendo o tal sentimento de culpa pela morte de Snearkers.

Nesse episódio até mostrou o lado emotivo de Jenna que após o fracasso da sua festa se confessou que foi ela que abriu o portão, após isso ela até tenta abraçar Wilfred que não foi nada bom com ela, derrubando vinho no roupão da coitada.

Review – Wilfred 1×07 – Pride

Wilfred nos surpreende com mais um ótimo episódio.Ri muito nesse episódio.



Que Wilfred pensa somente nele isso não é novidade, mas nesse episódios essa “ignorância” do cachorro concerteza passou dos limites, aproveitando-se de Ryan como de costume.


Ryan coitado cheio de contas e precisando de dinheiro e não querendo que sua irmã oferecesse dinheiro à ele para ajuda-lo, então ele se certificou que precisava de um novo emprego, saiu com Wilfred, após contar a notícia ao cachorro o mesmo faz com que Ryan bata o carro de uma mulher.Que complica mais ainda a situação do mesmo.


Por outro lado Wilfred se apaixonapela girafa de pelúcia do filho da dona do carro que foi atingido por Ryan, desde então a girafinha começou a chamar-se Raffi, bonitinho né?


O preço do concerto fica caro para Ryan e Wilfred por outro lado está “apaixonado” por Raffi então ele chantageia Ryan a “pagar” a divida de outra forma, com sexo, pois Wilfred precisava ficar com Raffi.


Ryan acabou decidindo a fazer isso, e quando chega na hora H ele não consegue, vai no banheiro e encontra Wilfred que lhe dá um baseado, Ryder volta a cama e dorme, no dia seguinte ele é surpreendido após Kristen, a tal mulher, falar que ele fez um “trabalho extra” pela madrugada, não lembrado disso o moço fica confuso e já pensa até que foi Wilfred que fez o tal trabalho.


A situação ficou complicada para Ryan, que quase começou um caso com a girafa a pedido de Wilfred e teve que fugir após ser flagrado pelo filho de Kristen.


Episódio foi bom, e para eu ficar melhor veio a notícia que a série foi renovada pela FX, então sériemaniacos teremos Wilfred aqui no blog por pelos mais uma temporada.

Review – Wilfred 1×06 – Conscience

Nesse episódio o namorado da Jenna, Drew volta a aparecer, desta vez mais regularmente  e com um defeito descoberto e explorado por Ryan e Wilfred.                                  
                                        

Após ir no churrasco de Jenna, Ryan começa uma conversa com a mesma e descobre que Drew é mais competitivo do que o normal e isso quase acabou com o namoro dos dois, com isso Ryan acabou influenciado por Wilfred a fazer um “plano” para separar os dois, pois o tal do Drew tinha o controle sobre Wilfred, batendo e fazendo nele e fazendo o mesmo obedece-lo.

Com essa pressão de Wilfred, Ryan planeja um plano para Jenna largar Drew, Ryan organiza uma partida de tênis de mesa, com a intenção de fazer o namorado de Jenna tirar o seu lado competitivo para fora.

Ele acaba extrapolando e fazendo com que Jenna termine com ele, Ryan fica muito mal com isso, enquanto Wilfred fica feliz da vida com a situação, até que Ryan consegue ter domínio nas atitudes do cachorro, que acaba fazendo Wilfred colocar veneno no bolo que Jenna deu para Ryan.E eu fiquei com um pensamento na cabeça: Será Wilfred tão mal assim? Acho que não.

Mais então, continuando, o moço fica desesperado, mais após ir ao médico descobre que a substância incrementada por Wilfred é inofensiva para humanos, ao contrário dos cachorros.Fail Wilfred

No final do episódio Jenna acaba voltando com Drew e Wilfred parece que para com suas trapaças em cima de Ryan.

Não foi um episódio engraçado e nem um dos melhores, mais eu dei boas risadas, Wilfred tem muito o que oferecer ainda.

Review – Wilfred 1×05 – Respect

Wilfred killer de velhinhos, essa foi a proposta do episódio dessa semana, que não foi um dos melhores.
                                 
                                   


O episódio começa com Jenna e Ryan almoçando, e Jenna reconhece um amigo que foi o “Herói da Semana” no jornal que Jenna trabalha, o cara passou um tempo la na África construindo casas para pobres e fazendo um monte de coisas solidárias.Depois disso e de Ryan ainda ser indicado como um mendigo, o mesmo sentiu que queria atenção, queria que alguém reconhecesse seu trabalho uma vez na vida.

Foi dai que surgiu a idéia de voluntariar em um abrigo, contra a vontade de Wilfred, que não queria nem saber e logo ficou “doidão”, como ele diz.

Do nada descobriu-se um dom do cachorro, ele pressentiu a morte de uma pessoa do abrigo e todos começaram a prestar atenção não apenas nele mais em Ryan também, que o fez se sentir bem, até a um ponto.

                   

Após Ryan recusou dar queijo ao cachorro, ele repitiu a dose e “pressentiu” a morte de mais uma pessoa, dessa vez na suspeita de Ryan que viu o travesseiro na mão de Wilfred logo que chegou no quarto.

Depois dessas duas previsões de Wilfred, Jenna teve a idéia de entrevistar Ryan um herói aos olhos dela, mais não acabou muito bem, pois a enfermeira(que odiava Wilfred) acabou morrendo muito misteriosamente, caindo de cima do abrigo.

A partir daí Ryan começa a desconfiar de Wilfred, que por sua vez confessa, mais depois desmente, e repete isso muitas vezes, deixando sem uma resposta final para o episódio.

[Review] Wilfred 1×04 – Acceptance

Agora até molestador de cachorro aparece em Wilfred.

Mais um episódio genial como sempre, o episódio Acceptance começa com Ryan tendo que ajudar sua irmã a ir ao médico, deixando Wilfred numa espécie de “creche para cachorros”, que acaba se tornando o maior pesadelo de Wilfred.

Wilfred acaba sendo traumatizado, após ser induzido com pasta de amendoim para ser “molestado”, após muita insistência ele conta a Ryan a história que de ínicio acredita no cachorro, mas depois após pensar um pouco, acaba chegando a conclusão que Wilfred esta com ciumes de sua irmã, pois ele está passando mais tempo com ela.


Mesmo sem ter certeza disso ele vai ajudar sua irmã e deixa sua vizinha levar Wilfred para a tal “creche”, a consulta da irmã de Ryan ao medico é cancelada, então os dois tem a manhã livre, e ela tem a idéia de levar Ryan para cortar o cabelo.



              


Do nada o moço recebe uma ligação de Wilfred, desesperado, falando que o tal molestador está breve de entrar em ação, ele fica sentido com a situação e acaba de uma certa forma “salvando” Wilfred do pior levando-o embora, junto com seu amado urso de pelúcia.

O final do episódio nos proporciona uma cena bem engraçada, Wilfred e Ryan montando uma banda e os mesmo brigando com a entrada do urso na banda, Wilfred é uma série confusa, mais é legal, eu continuo acompanhando.

“A felicidade existe somente na aceitação” (George Orwell) – Wilfred 1×04