Arquivo da categoria: Ringer

Review: Ringer 1×10 – That’s What You Get for Trying to Kill Me (Fall Finale)


Não foi embora com um fiasco, mas com um BANG.

E realmente com um tiro (bem dado, dessa vez)que Ringer despede-se de 2011. Eu espero que esse tempo off seja bemaproveitado pelos roteiristas, que claramente são amadores no quefazem.

Semcontar que houve todo um buzz por causa da participação de AmberBenson (a Tara de Buffy), falando que seria uma grande Buffy Reunion.Onde foi essa reunião que eu não vi?As duas não fizeram nenhuma cena juntas, nem mesmo um flashback.FLASHBACK! É pedir demais por um flashback, Ringer?

Quedisperdício de talento. Percebi, porém, que o episódio teve quase42 minutos de duração, algo totalmente diferente dos normais 39.Talvez foi por causa desse aumento que o episódio foi tão ridículo.Perceba que eles nem se deram ao luxo de serem originais, usandopraticamente a mesma maquiagem que Sarah Michelle Gellar usou emSegundas Intenções, sem contar que aquilo aconteceu no filmepraticamente pelo mesmo motivo!

Infelizmente,a reviews será inteiramente sobre erros, já que não houve acertosno episódio. Claramente os roteiristas estão sendo muitodesleixados com a série. Será que algum deles está trabalhando emoutra série e deixou Ringer como segunda opção? Pois é isso queestá parecendo.

Bridgeté tão burra que achou que teria dinheiro suficiente para entregarpara Charlie, só começou a contar (e nem isso fez direito) as notasà noite e nem se deu ao luxo de fazer isso antes do horáriocomercial, caso precisasse de uma grana extra.

Semcontar que Andrew falou que não tinha como pegar mais dinheiro, jáque tudo estava fechado. Desculpa, mas você não é o CEO de umbanco??? Além do mais, os dois foram muito espertos, já que alémde não entenderem a frase ‘vá sozinha’, também não sabem brincarde esconde-esconde na estação.

Bridgete Malcolm fazem uma dupla linda, mesmo. Os dois não possuem nenhumaquimíca juntos, só servem para formular teorias pois qualquerpessoa coloca uma tranca no porão, de acordo com Bridget. Claro,agora, me fale…. Pessoas que colocam tranca no porão e ainda deixao celular de uma mulher desaparecida na FRENTE da porta é algocomum?

Sinceramente,quem aguenta a CW colocando seus dramas de Barrados no Baile emRinger? Julliet foi estuprada? Sério? O professor, que nunca quisnada com ela, do nada decide trepar com ela e ela foi ‘estuprada’,sendo que coito era o que ela sempre quis do ex da Veronica Mars?

Issoestá cheirando rejeição, sem contar que como ele seria burro àponto de estuprá-la dentro da sala, que tem uma janelinha, por ondedá para ver praticamente tudo? Sem contar que aquilo está láexatamente para tirar a privacidade dos professores e alunos após aaula. Alguém realmente tem duvda que ela estava mentindo?

Únicoponto positivo no episódio foi Andrew e Bridget que finalmenteconsumaram a relação. Já estava na hora, hein? Quero até verquando ele descobrir que ele vai poder participar de um threesome,agora que Chi-Bom de verdade está de volta a Big Apple!

Porém,tudo estava meio off no episódio. Cabelo do Koala estavacompletamente estranho que até esqueci de prestar atenção na(ótima) atuação dele. Achei muito engraçado quando ele comentaque o novo amigo da Bridget faz parte do Al-Qaeda. Com certeza depoisdele ver como Malcolm é, ele pensará diferente, já que ele nãoé… muçulmano.

Semcontar que por causa dele que a própria esposa foi morta. O pior detudo foi ele não deixar Bridget ir atrás das evidências, achandoque a polícia consegue fazer um trabalho direito. Desde quando?

Nadafoi pior do que o aparecimento de Gemma no episódio. Não dá paranão rir quando ela aparece do nada, morto-viva. Claro que ela tinhamorrido, ué. Quem erraria um tiro daqueles? Ela estava amarrada,cega, ele estava na frente dela e ainda era um ex-policial. Como eleconseguiu errar? Claramente foi uma pegadinha do malandro, não deupara aceitar essa cena até agora.

Pelomenos a série está abraçando sua origem mexicana, com Chi-Bomvirando mais e mais Paola Bracho. Além de APARECER DO NADA em NewYork, mata seu cúmplice, refaz o olho roxo e ainda mente paraTy-delicinha que o filho é dele. Bridget também teve sua dose de Lanovela mexicana, com a última cena, aquele comentário sobre ‘nãopode ser só sobre dinheiro… Tem que ser algo mais’, em que elapraticamente FALA diretamente com a gente, telespectadores que adoramqualquer referência, mostrando que a série é super original!

P.S:Viram que até colocaram Adele para tocar na última cena doepisódio? Tudo isso para conseguir deixar os telespectadoresinteressados. Olha, funcionou um pouco, mas se continuar desse jeito,irei me afogar de verdade, pulando de uma lancha em um cenáriochroma key super produzido!
Anúncios

Review: Ringer 1×09 – Shut Up and Eat Your Bologna

Quando duas cabecinhas começam a funcionar…

Demorou, demorou e demorou. E mesmo assim ainda não saiu! Depois detodas essas pistas, me expliquem como Bridget acha que Chi-Bom estámorta? Sério? E o que ela mais achou importante foi roubar o papelda psicologa?

Já percebeu que ela não é muito inteligente. Ficou carregando umaarma por mais de semanas e quando finalmente decide se livrar dela,ela vai e entrega para um cara que mal conhece, que por algum motivoalém da minha compreensão fica aceitando ajudá-la sempre, semperguntar nada? O que está acontecendo com o seu cérebro, Bridget?

Eu realmente deixei o plot da arma quieta quando achei que ela havialutado com o policial e fugido, mas não, ele a ajudou e de uma formaSUPER engraçada pede pra ela ir pra casa da irmã. Diga-se sepassagem que claramente ela não pode confiar em ninguém além daterapeuta. Se bem que a última também não conta, já que é pagapara ouvir a loira falar.

Por algum milagre Gemma encontra-se viva comendo mortadela. Não dápra entender porque o cara não a matou logo. Chi-Bom ficouextremamente irritada sobre tudo e pediu pra ele cuidar da situação,então qual é o problema em meter (ui) logo uma bala na cabeça damulher?

Nada disso faz sentido e Malcolm, que devia ser a parte sábia dasérie, demorou muito tempo para perceber que algo estava errado.Além do mais, como que ele não conseguiu abrir aquela porta, Jesus?Olha o tamanho dos braços e o resto do corpo do cara!

Mesmo assim, devo reconhecer que agora temos uma vadiagem maior nasérie, já que a sócia de Andrew (que não sei o nome eprovavelmente nunca saberei) quer fazer de tudo para conseguir o quequer. Eu pensava que ela foi a casa de Henry para tentar fornicar comele, mas não, só estava invadindo a privacidade do cara. Além domais, Bridget parou de mentir e finalmente cedeu ao Sr. Fantástico.Sinceramente, ela anda muito tensa e a consumação do relacionamentodeve acontecer logo logo.

Senti saudades de Juliet com o plot do professor avulso que não traznada de interessante para a série. Espero que semana que vem, com oúltimo episódio do ano, a série volte a brilhar bastante. (Podeaté ser um mini-brilho, já que qualquer coisa é melhor do que foiapresentado até agora).

PS: Finalmente os filhos imaginários não tão imaginários de Gemmae Koala apareceram, né?
@marcoacpontes

Review: Ringer 1×08 – Maybe We Should Get A Dog Instead


Novamente, as coisas voltaram a serentediantes.


Ringer faz um oitavoepisódio morno, bem morno. Infelizmente, eles poderiam ter lidadomelhor com o desmaio de Bridget. Podiam muito bem continuado com oplot da gravidez, um plot verdadeiro de gravidez.


Não sei o que tentaramfazer com a cena em que Bridget vai no jantar de negócios econvenientemente o cara de Paris, o delicinha de Paris, que Chi-Bomestá fornicando, também estava presente. Tentaram chocar e nãoconseguiram. O cara deu uma super pista ao comentar sobre ela mentirsobre o nome e também ter vazado de Paris para ver o marido, entãopor que Bridget também não começa a ser esperta também e comecelogo a suspeitar de alguma coisa?


Note que Juliet está tãoboazinha com Bridget e Andrew que fica difícil de aceitar o plot doprofessor. Eu sei que é CW e que se não tivesse algum tipo derelacionamento assim a série não faria parte genuína da emissora,mas pelo amor de Deus. Ninguém, em sã consciência, começaria aperseguir o professor sendo que a pessoa não tem mais problemas emcasa.


Queria que dessemcontinuidade ao plot de Gemma, mas o novo padrinho apareceu só parafazer uma ligação e depois fazer uma cara maléfica quando Malcolmapareceu no apartamento. Com o chocolate em NY, muitas coisas podemacontecer. Acharia mais aceitável, porém, que ele estivesse sóbrio.


Queria muito que Machadocomeçasse a ser mais relevante na série. Já se passaram 8episódios e a única coisa que ele consegue fazer direito é acharBridget sempre. Tinha grandes esperanças que a cena do café em queBridget está usando uma escuta tivesse sido melhor trabalhada. Foitudo muito clichê. Porquê Machado não foi atrás de Bridget depoisde toda a operação? Ele tem tantas dúvidas sobre a mulher e deixaela sair normalmente, bem na direção em que Malcolm também tinhaido? E ainda não foi atrás? Claramente ele não deve ter colado naprova de admissão no FBI.

Review: Ringer 1×06/07 – The Poor Kids Do It Every Day/Oh Gawd, There’s Two of Them?


As coisas ficaram MALUCAS em Ringer


O melhor de tudo é Henryachar que Chi-Bom é a responsável. Que choque foi descobrir que osdois tinham planinhos megaevil para acabar com a festa dosrespectivos amores? Sem contar que isso fez com que Henry parecessebem culpado, in my opinion. Claro que ela fala que não fez nadadisso, mas né, no final ela tenta tirar as impressões do vaso.


Claro que Malcolm deveter dado a localização de Bridget para o cara que a quer morta, masnão temos certeza. Ao meu ver, ele deve ter mandado o chefe para amerda e deve estar morto em algum lixo por aí. Além do mais, oepisódio foi inteiramente CW, por mostrar uma riquinha tendo o seuprimeiro dia de aula em uma escola pública. E aquele professor queveio de Veronica Mars? Acho que todo mundo sabe como esse plot vaiacabar. Na cama.


Sem contar que quandopensávamos que Henry seria preso por causa do assassinato, a políciaacaba o libertando. Ele realmente iria levar a culpa, tenho certeza,mas como descobriram as digitais de Bridget no vaso. Óbvio que nãoseria nenhum choque ao descobrir que Chi-Bom de verdade teria algo aver com a morte da melhor amiga.


Sinto que os roteiristasdemoraram um bom tempo para conseguirem fazer a história sedesenvolver, mas aparentemente tudo está indo bem. Estão fazendoepisódios muito insanos e tensos, e sempre achei que era assim que asérie devia ser.


No começo do sétimoepisódio, parecia que a sorte não estava mais do lado de Bridget, eque aquela farsa já estava chegando ao fim já que todo mundo queriafalar com a ‘Chi-Bom’ por causa do desaparecimento de Gemma. Elesdeviam logo mostrar quem matou para cenas como aquelas nãoacontecessem mais.


Porém, foi linda a cenaem que os dois (Henry e Andrew) uma foto de Bridget e os doisrespondem que conheciam aquela mulher… e, PASMEM, os dois falaramque era Bridget Kelly. Claro que ela acabou falando a verdade antespara os dois, sobre ter uma irmã gêmea. Porém, a cena foi bemconstruida e fiquei com peninha, já que ela não ia conseguir maister aquelas roupas lindíssimas.


O episódio passou quase inteiro dentro dadelegacia, e foi extremamente divertido quando Bridget mostrou umamensagem de voz dela mesma falando que ia embora de NY. Como enganara polícia: lições básicas. Fico mesmo é com tédio quandoMachado aparece do nada com cada teoria, mas nunca pensou em tirar asdigitais dela pra ter certeza que ela é de fato, Chi-Bom.

E quem duvida que o motivo dela ter desmaiado é porque ela está grávida e o filho é de Malcolm? Acho que não hádúvidas depois de todo aquele coito que aconteceu entre os dois efoi mostrado no episódio.

Infelizmente, o novo padrinho de Bridget é naverdade um dos capangas de Chi-Bom. Sabia que tinha alguma coisaerrada com aquele moço. Se alguém ainda tem dúvida que Gemmarealmente está morta, devia parar de ver a série logo.

Review: Ringer 1×04/05 – It’s Gonna Kill Me, But I’ll Do It/ A Whole New Kind of Bitch

Finalmentedois episódios que valeram a pena.

Atéo terceiro episódio, Ringer estava uma bosta. Não vou nem comentarnovamente do segundo episódio. Entretanto, as coisas deram umamudança drástica nesses dois últimos episódios, e para melhor.


Noquarto episódio, fomos apresentados novamentes à algunsflashbacks, principalmente por ser o aniversário das gêmeas. Foiintrigante ver o tanto que elas eram próximas enquanto criança edepois o tanto que eram distantes quanto adultas. Algo a ver comaquela foto do bebê, talvez? De qualquer forma, a série estácomeçando a surpreender, deixando todo mundo confuso, pois tínhamoscerteza que estávamos olhando uma superbomba da fall season.


Porém,não dá pra entender como todo mundo não está achando estranho ocomportamento de Chi-Bom, principalmente depois de ter comido carne eesquecido como era os planos para o próprio aniversário. Depois deter contado a verdade sobre a existência da irmã gêmea, Gemmadevia muito bem ter entendido que aquela não era de fato Chi-Bom, esim, Bridget.


Omelhor de tudo é que os planos parisienses de Chi-Bom estãocomeçando a dar certo, principalmente após ter trepado com o moço.Que os planos eram sobre a empresa de Andrew já tínhamos certeza,mas o que exatamente ela quer? Por outro lado, o chocolate nãoapareceu nesse episódio, e com bastante motivo. Ninguém quer saberdo núcleo pobre, que se encontra do outro lado da América.


Oagente Machado, por outro lado, está voltando com tudo para a série,após não servir para nada. Na verdade, ele ainda não serve. Não éum personagem interessante e muito menos bonito. Porém, não dá praentender as próprias motivações da pessoa para querer encontrarBridget, se é algo profissional, por que ele não pode deixar opessoal do FBI de NY conduziream o caso?


Noquinto episódio, então, eu tinha grandes esperanças queaquela pixação ‘whore’ foi feita por Gemma, mas não, foi pelafilha mal amada de Andrew. Tivemos um grande aproveitamento dapersonagem, já que até no final, estava amando a nova Chi-Bom.


Esseepisódio pode ter sido um pouco mais lento do que o passado, masmesmo assim, apareceu com bastante desenvolvimento na história. Pracomeçar, quem diria que Gemma, que nem é uma das gêmeas, viraria aPaola Bracho? Com todas aquelas ameaças para cima da Bridget, eainda querendo que ela dormisse com o próprio marido? Paola Brachona VEIA!


Alémdo mais, tivemos uma nova adição ao elenco: o novo viciado dopedaço, Charlie. Devo comentar que se eu fosse Bridget, aceitariaCharlie como o novo padrinho e deixaria o chocolate para trás. Elesó está aparecendo para a cota… cota de minutos do episódio, ok?


Erade se esperar, porém, que Bridget não aceitaria a propostaindecente de Gemma, então a ruiva teria que achar uma prostituta deluxo para fazer com que Henry seja pego na hora da penetração. Ogrande choque do episódio mesmo foi descobrir que Gemma acaboumorrendo pelas mãos do marido.


Bemquando Bridget tinha conseguido acertar a situação com Gemma, aultima descobre que a vadia contou tudo para Henry e quando tinhadecidido contar toda a verdade das gêmeas para Andrew, foi SUICIDADApor Henry. Acho que quando Bridget disse que era pra ele ‘lidar com asituação’, tenho certeza que ela não estava falando emassassinato, mas enfim. R.I.P Gemma!

Review – Ringer 1×03 – If You Ever Want a French Lesson

Ringer perdendo seu momento…


Quando vejo que as coisas estão melhores, chega esse terceiro episódio para calar a minha boca. Simplesmente, nada aconteceu. Nem um cliffhanger aconteceu no final, como aconteceu nos outros episódios. Sei que esse é somente o terceiro episódio, mas para uma série que já não está sendo considerada muito boa e que há poucas coisas ao seu favor, os roteiristas deviam pelo menos, andar um pouco mais rápido com a história.

Pelo menos já vimos mais K-Bom em ação, mas nem tanta ação, já que ela recusou a penetração. Entretanto, os roteiristas estão tentando mostra-la como um mistério, mas digo o seguinte: ela não é tão misteriosa assim. No meio do nada, ela encontra um cara que trabalha no banco de Andrew? Não é preciso muito inteligente para entender o que ela está querendo.

O plot do amigo ou namorado de Bridget sendo torturado também foi totalmente desnecessário. Claro que o moço que quer a mesma morta vai acabar descobrindo que ela está em Nova York, e tudo vai acontecer em Nova York, mas o chocolate ainda está bem longe de Nova York… Por que ele está na série, então?

Até o detetive do FBI, Machado, não possui muita função na série. Vai ficar correndo atrás de Bri-Bom até conseguir achar Bridget, e agora também está sendo usado como cobaia para que os homens que estão atrás de K-Bom não acabem a pegando. Não sabemos muito bem quem são essas pessoas e os motivos, e até agora, podemos duvidar de todos. Até Andrew, que aparenta ser o marido perfeito, mas aparentemente a briga entre o casal era tão grande que poderia ter até acontecido algo físico… E não do jeito bom.

Bridget também ficou andando com um revólver na bolsa, junto com um celular roubado o dia inteiro, e até Machado sabe mais informações sobre a vida da irmã do que ela mesma. Aparentemente, todos estão achando normal K-Bom estar daquele jeito, né? Pois aparentemente, ninguém mais anda estranhando mais a super troca de personalidade de Bri-Bom.

Review – Ringer 1×02 – She’s Ruining Everything


Ela está arruinando as minhas chances de ter uma série a menos na minha watchlist.

Ringer se provou como a série com o pior Piloto exibido ever. As coisas ainda estão ruins, mas há uma melhora no fim do túnel. Após ter matado o cara que tinha que matar Xi-Bom, Bridget agora está tentando a tanto custo, até fazendo uma referência à Dexter, dar um fim ao corpo e parar de vez com essa ideia de tentar virar sua irmã.

Teve uma leve melhora na série, já que agora, os outros personagens ganham vida, em especial, a enteada de Xi-Bom, Juliet. Na verdade, achei meio desnecessário aqueles flashbacks, já que vimos coisas que já sabíamos. Entretanto, foi o que fez com que Bridget decidisse ficar em New York, ainda tentando se passar por Xi-Bom.

As relações entre a dita cuja e os outros personagens, além de Juliet, ainda não está sendo muito bem desenvolvida, mas tivemos um grande avanço em relação à  Andrew. Para um casal que não troca carícias por um bom tempo, um toque na perna já significa muita coisa.

O pior do episódio foi que, como alguém muda o corpo do lugar durante a arrumação da festa e não percebe que é, de fato, UM CORPO? As pessoas são curiosas e com certeza, ficariam intrigados em estarem carregando um objeto estranho e gelatinoso como aquele. Óbvio que aquele ‘tapete’ que estava sendo desenrrolado não seria o assassino, mas valeu pela tentativa.

Victor, o agente do FBI, tentou também continuar com a sua investigação, mas Bridget deu uma enxotada nele, nem o deixando experimentar a bebida. Aquele moço que apareceu bem na hora que o telefone tocou também foi bem suspeito, mas nem tanto, já que deram na cara, por causa da roupa, que ele faz parte também da mafia que quer matar Xi-bom e que, obviamente, foi ele que deu uma sumida com o corpo. Gostei de como as coisas podem ficar meio paradas durante o episódio, mas nos minutos finais, os bastardos jogam algumas cenas que nos deixa com vontade de continuar assistindo a série.  Porém, a surpresa mesmo veio no final do episódio, com Xi-Bom aparecendo em Paris e saindo do banco sem falar um ‘au revoir’ para o atendente. Aquela bitch!


@marcoacpontes

Primeiras Impressões – Ringer 1×01 – Pilot


 
Só valeu pela volta de Sarah Michelle Gellar pras telinhas mesmo.

Ringer era, de longe, uma das produções mais esperadas desta fall season. Entretanto, era somente tão esperada pelos fãs da falecida Buffy A Caça Vampiros, que viram a volta da musa Sarah Michelle Gellar depois de 7 anos afastada das telinhas. A história em si não era tão atrativa – pelo menos para nós, brasileiros, que já lidamos com diversas produções mexicanas com o mesmo núcleo – e só pelo fato da CBS ter recusado a série por não ter “lugar para uma série como essa na programação” já dizia bastante. Minha primeira impressão com o piloto é que a série realmente parecia mais a cara da CBS e não da CW, ou seja, a CBS só queria mesmo era se esquivar de uma bala perdida.

Infelizmente, o que devia ser uma revelação na TV americana acabou se tornando bastante simples –  mais simples do que eu achava que podia – e fez com que já nesse piloto, perdêssemos toda a credibilidade na série. Pra quem ainda não sabia, Ringer mostra a história de Bridget (Sarah Michelle Gellar), que depois de ter testemunhado o seu chefe do clube de stripper matar alguém, faz um acordo com a polícia e ao invés de ir pra cadeia, vai testemunhar para colocar o chefe na cadeia. Apavorada, ela acaba fugindo a encontro de sua irmã gêmea, Siobhan. Pra piorar a situação, Bridget é uma viciada em tratamento e decide se passar por sua irmã, já que a última decidiu desaparecer – ou pelo menos é isso que B acha.

O elenco é ótimo, com muitos nomes de pesos (IIoan Gruffudd, o Senhor Fantástico; Nestor Carbonell, de Lost e Kristoffer Polaha, de Life UneXpected). Infelizmente, eles não foram bem usados nesse episódio. Quase 98% das cenas envolve B tentando ser Siobhan e foi um pecado ver tantos outros talentos serem desperdiçados só para deixar Sarah Michelle Gellar brilhar sozinha – algo que, infelizmente, não aconteceu. Não consegui notar quase nenhuma diferença entre as gêmeas e muito menos foi legal as cenas delas juntas. Ninguém vai esquecer da cena do barco por muitos, muitos anos. Talvez com a passar dos episódios, Sarah vai acabar achando um equilíbrio e talvez melhores escolhas de roupas.

Algo que devia ser uma premissa complicada, aqui, não foi tão complicada assim. Bridget aparenta estar muito confortável com a nova vida e ninguém percebe nenhuma mudança, como sempre. Ela nunca viu essas pessoas e já consegue até associar o ‘amante’ a melhor amiga em questão de segundos. É um papel bem diferente do que estamos acostumados, mas pelo que o própria Sarah Michelle já disse, “Eu sinto que já ganhei com Buffy”.

O episódio, porém, teve sim, seus momentos impactantes, principalmente o começo. Aquela primeira fotografia, daquelas esculturas, me lembrou vagamente a Season Premiere da quarta temporada de Buffy no cemitério e quando estava vendo ao vivo o episódio, pensei que eles iriam passar uma maratona Buffy antes de Ringer. Engano meu.

Com o piloto, infelizmente, dá pra deduzir que Ringer é, de fato, uma bomba. Entretanto, a série possui bastantes plot twists e será divertido ver como eles irão se desenvolver. Há também a possibilidade de que as atuações começem a parecer de verdade e que a Usurpadora U.S mostre que é PAOLA E PAULINA BRACHO NA MAIOR CARA DURA!!